Geral

Unifacvest responde provocação

Depois de noticiarmos a estratégia do Centro Universitário Unifacvest ofertando benefício financeiro aos acadêmicos que apresentarem universitários de outras instituições para frequentar seus cursos, fomos abordados com ponderações. Houve até quem se referisse à estratégia como desespero. Fomos atrás de informações e, pelo constatado, o que existe é uma resposta à postura da instituição concorrente.

O QUE OCORREU?

Na quarta e quinta-feira da semana passada, instituição concorrente colocou seu pessoal nas imediações da Unifacvest. “Cercaram nossos portões e assediaram nossos acadêmicos com propostas para transferência”, confirma o próprio Reitor Giovani Broering, chateado com o episódio. “Passaram de todos os limites. Educação não pode ser feita dessa forma”.

POR CAUSA DISSO…

A Unifacvest optou por reagir à postura deselegante (para não utilizar outro termo que retrata melhor o ocorrido) adotando a estratégia de atrair estudantes através de colegas acadêmicos da instituição. “Temos apresentado nossa instituição como referência pela qualidade, que é inquestionável, inclusive com as pessoas podendo comparar. Fazemos investimentos gigantescos em estrutura, apostamos na qualificação da nossa equipe. E isso tem atraído os jovens que buscam formação de qualidade. Daí ao nos depararmos com esse tipo de assédio desleal, não iremos nos recolher”, cita Broering.

Broering nem gostaria de dar publicidade ao episódio, mas não aceita insinuação de ‘desespero’. Observa que a qualidade do ensino se constitui o diferencial que lhe garante o fôlego inclusive para adotar medidas mais arrojadas para responder à postura desleal da concorrente. No primeiro dia da estratégia lançada, 97 estudantes optaram por fazer transferência para os cursos da Unifacvest.

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *