Geral

UPA: Primeiros passos da nova gestão

SECRETÁRIO DA SAÚDE MONITORA O ATENDIMENTO E ESSES PRIMEIROS DIAS SÃO DE ADEQUAÇÕES DA NOVA GESTÃO

Esta primeira segunda-feira de junho deverá ser um teste de fogo para a empresa responsável pela gestão da UPA. Estatisticamente é no primeiro dia útil da semana que a quantidade de atendimento foge da curva, exigindo atenção diferenciada. Somado ao primeiro final de semana da Festa do Pinhão, há tendência de uma espera mais significativa aos que se dirigirem em busca de atendimento de urgência.

PRIMEIRO DIA

A quinta-feira, 01, quando iniciou a terceirização, as atividades na UPA foram tranquilas. No dia seguinte, a sexta-feira, já foi registrado uma demanda maior de paciente. Daí ocorreu fila de espera e as reclamações tradicionais. Nas redes sociais, inclusive, houve paciente ponderando que ‘o que era ruim, ficou pior’. É a reclamação normal, embora lamentável, porque quem vai ao atendimento de urgência quer solução de imediato ao seu caso, com razão.

Aqui estão os dados monitorados pelo próprio secretário Claiton Camargo de Souza (Saúde) da ‘estreia’ da empresa na gestão da UPA

Palavras do Secretário Claiton: “Estivemos na madrugada do dia primeiro acompanhando a rotina de atendimento até para passar alguma orientação ou protocolo e estamos monitorando os procedimentos nestes primeiros dias do trabalho da UPA”.

Compartilhe

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *