Geral

UTI da nova ala em pleno funcionamento

HOSPITAL TEREZA RAMOS TOTALIZA 30 LEITOS DE UTI

Gerente Administrativo do Hospital Tereza Ramos, Gustavo da Silva Santos, compartilha informações e imagens sobre a operacionalidade de parte da nova ala da referida instituição de saúde. Porque a gente é meio São Tomé, de só acreditar vendo, confere que a estrutura, de fato, está em atividade permitindo que o Tereza Ramos que antes da pandemia possuía 10 leitos de UTI, atualmente opera com 30 leitos de UTI para pacientes da Covid-19 e geral.

CLARO QUE…

Aquela ideia de termos mais 28 leitos de UTI na nova ala agregando àquelas já existentes na ala velha caiu por terra. Não há estrutura de pessoal que permita tal ampliação. Porém, considerando que eram 10 leitos de UTI, depois foram improvisadas mais nove, chegando a 19 e agora são 30, já se constitui num avanço a ser comemorado e não lamentado.

FUNCIONAMENTO

De acordo com Gustavo da Silva Santos, que toca a área administrativa do Tereza Ramos, hospital dirigido por Fábio Lage, antes de entrar em funcionamento, ocorreram procedimentos técnicos de testes e definições de fluxos e escalas. “Os pacientes que estavam provisoriamente na Ala Portinari, foram transferidos para a nova estrutura, em leitos mais confortáveis e adequados”.

Cena há muito esperada do pelotão de azul e branco de profissionais da saúde que atuam no Tereza Ramos transferindo pacientes e ocupando a nova estrutura

Aqui parte do time de prontidão e atenção para atuar na nova ala onde funciona a UTI

Compartilhe

2 comentários para: “UTI da nova ala em pleno funcionamento”

  1. O próximo ato, espero que seja a transferência do UNACON para o prédio novo, pois onde os pacientes com baixa imunidade ficam aguardando atualmente, um corredor sem ventilação, não é adequado e muito menos em época de COVID19.

    E, havendo um prédio novo disponível, não é justificável manter as pessoas (atendentes, enfermeiros, médicos, pacientes, etc) onde estão atualmente.

  2. Muito importante enaltecer o esforço de cada órgão, de cada gestor e especialmente dos profissionais da saúde que sem medir esforços, são os responsáveis pelo funcionamento de todo o sistema! Indispensável o investimento em prédios e equipamentos e o reconhecimento aos que lutam por isso! Mas tudo seria em vão sem a competente atuação desses bravos profissionais da saúde!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *