Geral

Uveres: Ressuscitada entidade sem atuação

ZERO PESSOA NA SERRA CATARINENSE FOI BENEFICIADA ATÉ HOJE COM A EXISTÊNCIA DA UVERES QUE ORA EXISTE, ORA DESAPARECE

Enquanto o governador Moisés cumpria agenda em Lages, com a chuva de investimentos anunciados, aquela parte do PSD que resiste à boa relação com o Comandante do Executivo Estadual (até que se clareie o cenário político estadual, porque boa relação não dói nada) tratou de promover um evento na Câmara de Vereadores. Foi a posse da Uveres.

UVERES? QUE UVERES?

Esse entidade que deveria representar os vereadores dos legislativos serranos ora existe, ora desaparece. Às vezes tem presidente e diretoria, às vezes fica sem ninguém no comando. Enfim, porque ano que vem tem eleição e uma entidade assim, em tese, pode aglutinar para eleger este ou aquele, tratou-se de ressuscitar a Uveres. Convém se observar que nunca na história da Uveres se promoveu uma ação que beneficiasse algum coletivo da comunidade da Serra Catarinense. Se houver alguma obra ou ação articulada de forma conjunta, via Uveres, que se apresente porque há desconhecimento sobre isso.

Quando deveria estar colado na agenda, porque o governador visitava o município onde ele é o presentante na Alesc, o deputado Marcius optou por acompanhar o ato de posse de Gerson dos Santos (PSD) na presidência da Uveres. Depois o parlamentar reclamou da falta de isonomia na liberação de emendas impositivas pelo governo. A gente torce pelo Marcius, mas ele tem que colaborar também. Quanto mais sucesso ele fizer no mandato, melhor para esta região que ele representa.

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *