Geral

Volta da PM aos acidentes de trânsito

É POUCO PROVÁVEL QUE A MOÇÃO LEGISLATIVA OBTENHA ÊXITO. MAS NÃO É POR FALTA DE PEDIDO PARA QUE A PM VOLTE A FAZER REGISTROS

O pedido para que a Polícia Militar retorne com o atendimento aos acidentes de trânsito sem vítima e com o registro do respectivo relatório de ocorrência é solicitado na moção legislativa 161/22. De autoria do vereador José Osni Oliveira – Tio Zé, o documento foi remetido ao governador Carlos Moisés e ao comandante geral da PM, Coronel Marcelo Pontes.

É ASSIM

Acidentes de trânsito que resultam em danos materiais leves, como batidas ou raspões na lataria, não dependem mais da presença da polícia para serem registrados, são os próprios motoristas envolvidos que relatam a ocorrência junto à delegacia virtual da Polícia Civil. Entretanto, muitas pessoas, desconhecem esse fato ou têm dificuldades para esclarecer o acidente, fazer fotografias e registrar o boletim eletrônico. Por isso, a sugestão para que o Governo do Estado e a PM estudem a viabilidade do retorno do atendimento policial nestas ocorrências.

Diz Tio Zé: “Apesar do relato policial não emitir opinião sobre quem está certo ou errado, a análise deste, bem como a elaboração do croqui de acidente de trânsito, são de suma importância para os casos em que não há consenso entre os envolvidos, sendo um documento de vital importância quando levado a juízo”.

Compartilhe

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *