Geral

Voto impresso: Carmen indecisa?

DEPUTADA LAGEANA ESTARIA ENTRE OS DOIS PARLAMENTARES CATARINENSES INDECISOS SE VOTA FAVORÁVEL AO VOTO AUDITÁVEL NESTA TERÇA-FEIRA, 10

Os direitistas catarinenses estão fazendo marcação firme na defesa da votação pelo voto auditável, cuja votação irá a plenário nesta terça-feira, 10, e cuja hipótese de aprovação é pouco provável (mas não descartada). Há um movimento nas redes sociais de pressão em cima de parlamentares em defesa do voto auditável. Apenas Pedro Uczai (PT) já teria se manifestado que votará contrário. Outros 13 deputados acenaram pelo SIM. E haveria dois deputados em cima do muro. Ambos aparecem na publicação de rede da Direita Santa Catarina abaixo:

O movimento DSC está pedindo que eleitores pressionem Chiodeni e Carmen para que votem pelo voto impresso auditável já na eleição do ano que vem

CHIODINI A GENTE NÃO SABE,

MAS CARMEN ZANOTTO…

A deputada lageana está numa sinuca de bico. Se ela votar contra o voto auditável vai desacreditar a colega de Cidadania aqui de Lages, a vereadora Suzana Duarte, que declarou que a deputada fora vítima de um pique de luz na eleição municipal do ano passado, que disse: “Carmen, enquanto candidata a prefeita, sempre na frente, sempre na frente. E depois de um pique de luz, ela simplesmente perdeu a eleição por 56 votos”. Se votar favorável é porque, de fato desacredita no sistema da Justiça Eleitoral, respalda os ‘devaneios’ da derrota do ano passado.

Compartilhe

2 comentários para: “Voto impresso: Carmen indecisa?”

  1. Só tem receio do VOTO IMPRESSO AUDITÁVEL quem é contrário à transparência e fidedignidade do processo eleitoral.

    EU QUERO O VOTO IMPRESSO AUDITÁVEL!

  2. Discordo veementemente de seu comentário, se ela votar a favor, vai estar alinhada aos anseios dos eleitores e “colocando mais uma tranca na porta”, buscando uma democracia transparente, quem é a favor de obscuridade no processo?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *