Obras

Asfalto urbano: Uma obra em quatro dias

Bem que essa média poderia ser mantida em relação à sequências de vias que estão no mapa da pavimentação asfáltica em Lages. Exatamente em quatro dias a equipe própria da Secretaria de Obras pegou a rua Sebastião Ataíde no bairro Popular em chão batido e a entregou com o asfalto pronto. E o pavimento ainda foi providenciado entre a sexta e a segunda-feira, com trabalho no final de semana.

OTIMISMO DO GRINGO

“Em breve estaremos lançando mais editais de licitação para que possamos fazer o maior investimento da história de Lages em pavimentação de vias”. O tom otimista é do próprio prefeito Ceron que acompanhou o trabalho executado pela equipe da Secretaria de Obras. A conta feita é de que esse tipo de ação com o próprio pessoal, permite reduzir custos se comparada a uma obra executada por empreiteiras.

Engenheiro Bezen (direita) confere in loco a aplicação da camada de asfalto depois da sub-base colocada na via que tem 150 metros (não é longa), mas além dos moradores atende a clientela do CEIM e da Associação Bom Samaritano

VAI DAR O QUE FALAR

Jornalista Olivete Salmória apresentou dados sobre o custo do empréstimo contraído junto à Caixa Econômica na adesão do Paço ao Finisa. Informa que ao final do prazo, serão desembolsados R$ 20 milhões em juros e outros custeios.

DUAS PERGUNTAS

Sobre o tema duas perguntas respondidas desarmaria – ou ampliaria o debate: Seria possível conseguir R$ 35.000.000,00 nas condições e com juros menores que esses praticados via Finisa? É melhor um endividamento do gênero e ter obras de infraestrutura na cidade ou seria prudente não contrair esse tipo de compromisso, mesmo que isso representasse seguir com tais vias sem obras de asfalto?

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *