Obras

Calçadão estará revitalizado até novembro

23.07.2019 – 23.11.2019

Sim, estamos falando de um interstício temporal de quatro meses que separam o estágio atual da obra de revitalização do Calçadão até a entrega do espaço para a comunidade. Prefeito Ceron bateu martelo: 23 de novembro, um dia após os 253 anos de Lages, pretende inaugurar a revitalização. Empresa Terra Engenharia trabalha para atender o cronograma.

Engenheiro Leonardo Tutida (esquerda) recebeu o prefeito e outras autoridades para mostrar o andamento da obra neste 23 de julho. “É um prazo satisfatório para concluir a obra. Se não tivermos uma condição climática adversa será possível atender esse prazo”, disse Leonardo.

OBRAS NO OUTRO CALÇADÃO

Dentro do cronograma de obras de revitalização, foram discutidos detalhes com representantes da Acil e CDL, sobre outra fase dos trabalhos. “Queremos que inicie o outro Calçadão e não nas ruas, por enquanto. Assim, teremos esse vão central da cidade revitalizado”, confirma o presidente da CDL, Marcos Tortelli. Ele e empresários como Célio Bueno e Volni Fernandes (Honolulu e Lojas VF) discutiram andamento dos trabalhos a serem executados de maneira a não atrapalhar o comércio especialmente no período de vendas em dezembro.

Prefeito Ceron disse que faz questão de trazer os empresários para o canteiro de obras para conferirem o andamento e opinarem a respeito dos passos seguintes. “O projeto está elaborado, mas a execução ocorre em sintonia com quem atua no nosso comércio”, lembra Ceron. No registro também o presidente da Acil, Sadi Montemezzo, conferindo as informações da obra.

A ATUAL OBRA NO CALÇADÃO PARA

TERMOS IDEIA DO QUE ESTÁ SENDO FEITO

Houve quem indagasse se as araucárias que ali existiam seriam preservadas. A resposta está na imagem acima

Esse é o espaço do antigo ginásio, onde ficará na parte superior um restaurante, abaixo um espaço como camarim e na frente dessa construção estará o palco, que não será uma estrutura fixa, a princípio

Aqui um vistaço de como está ficando o espaço do Calçadão numa perspectiva vista a partir do canto onde era antes a Banca Central

Essa visão um pouco mais à direita também dá noção da futura praça. Chama atenção que o piso de concreto tem entre 15 cm e 20 cm de altura, constituindo-se numa estrutura bastante resistente, portanto.

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *