Obras

Fevereiro fecha com agenda até no sábado

Foi um mês produtivo em termos de encaminhamentos de ações para pavimentações de vias e melhoria da infraestrutura na área urbana de Lages. A agenda em pleno sábado mo bairro da Penha confirma isso. Prefeito Ceron e a retaguarda técnica aproveitaram no céu azul do último dia de fevereiro para entregar a ordem de serviços para pavimentação asfáltica da rua Manoel Antunes de Mello.

ONDE FICA?

Essa rua fica fica na parte – digamos – norte do bairro da Penha e terá 484 metros, quase meio quilômetro, asfaltada. O asfalto iniciará na rua Bruno Luersen e terá ainda a implantação de calçadas num custo de R$ 1.036.012,76. Na informação sobre a obra há até um pouco de exagero ao se apontar que a reivindicação é de 60 aos atrás. Nem sei se havia casas ou a própria rua naquela parte extrema do bairro da Penha em 1960. Mas a iniciativa é absolutamente positiva.

Vereadores Chagas, Davide e Amarildo se juntaram no ato em plena manhã de sábado na penha com um Ceron fazendo o que mais gosta, nesses tempos de semear ordens de serviços para asfalto na cidade

Engenheiro Dieferson Branger, da empresa Construtora Branger (esquerda) recebe a ordem de serviços para colocar o maquinário para funcionar nesse canto da Penha. No registro a alegria que uma obra de asfalto trás para a comunidade que, segundo a informação, aguardava desde 1960 pela pavimentação da via

MARÇO COMEÇA COM ORDENS

Nesta segunda-feira, 02, está programada a assinatura da ordem de serviço para o asfaltamento de quase 800 metros da rua José Acúrcio Goulart, no bairro Vila Mariza (avenida das Torres). O ato será às 17 horas, na esquina com a rua Bruno Luersen (Madeireira Vargas).

INAUGURAÇÃO ANTES DA CAMPANHA

Pela legislação eleitoral os atos de inauguração de obras podem ocorrer somente até 90 dias antes da eleição. Portanto, em querendo inaugurar essas obras, o prazo limite é 3 de julho. Daí a importância dessas ordens de serviços até a metade de março. Embora, até agora, das vias asfaltadas (inteiras ou trechos) – e já temos mais de 50 – não recordo que tenha sido promovido qualquer ato de ‘corte da fita’.

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *