Obras

Não vão rolar as pedras da Cirilo?

PARALELEPÍPEDOS SERIAM RETIRADOS, MAS…

Sem atacar como ave de mau agouro e nem engenheiro de obra pronta – o que tem aos montes na paróquia – mas vamos combinar: havia previsão da retirada de paralelepípedo da rua Cirilo Vieira Ramos (a pior rua do mundo para andar de carro) e deslocá-lo para pavimentar outras via. A providência acontecia inclusive para que o trecho recebesse nova compactação. Isso incluiria colchão drenante, onde fosse necessário, macadame, base e sub-base e só depois as camadas de asfalto.

MAS…

Num de repente o asfalto já está sendo espalhado pela via. Os paralelepípedos ficaram? E os espaços onde o pavimento de pedra debulhava por causa da serragem de antigas madeireiras dos tempos idos não terão o tratamento diferenciado? Isso fora anunciado, confirmado, garantido. E as informações e registros oficiais estão desdizendo o dito. Como é a própria prefeitura que está executando a obra, não vai ter como exigir garantia de 5 anos sem problemas na via.

De ver se que há aquele trabalho prévio com a substituição da rede de água da Semasa. Mas os paralelepípedos estão sendo mantidos quando vem o asfalto, ao contrário daquilo pré-informado

Aqui a primeira camada de asfalto já colocada em cima do paralelepípedo. Aquele recompactamento do solo para evitar que o mesmo trabalhe e cause avarias no pavimento, não parece ter sido feito.

LÓGICO QUE…

É importante que a gente não transforme algo absolutamente positivo que é um pavimento asfáltico desses numa notícia negativa. Porém, há de se concordar que simplesmente corrigir a rede antiga de água e colocar asfalto numa via que era cheia de altos e baixos, vai gerar problemas num futuro bem próximo.

INCLUSIVE PORQUE…

O desnivelamento causado no pavimento da via, quando de paralelepípedo, não era restrito às imediações do Colégio Industrial. A problemática se estendia por toda a via, até a ponte do Caça.

Compartilhe

2 comentários para: “Não vão rolar as pedras da Cirilo?”

  1. Mesmo procedimento adotado na Rua Coronel Córdova, que não demorou um mês para apresentar defeitos e ondulações. Serviço de péssima qualidade, lamentável.

  2. Excelente argumentos Edson. Mas ainda tem um fato que ninguém menciona: o vai e vem das caçambas que chegam vazias mas voltam carregadas da pedreira e transitam o dia todo ali pela Cirilo. Será que o trânsito desses caminhões foi levado em consideração no projeto de revitalização da via? Ainda mais agora sabendo que todo aquele trabalho no solo que foi prometido não vai ser realizado. Fica o questionamento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *