Serra SC

SC-390: Obra parada repercute em Floripa

Protesto realizado pela comunidade de Celso Ramos por causa da paralisação das obras no trecho até Anita Garibaldi da SC-390 ecoou na Capital. Na Assembleia Legislativa o deputado Neodi Saretta pediu a retomada imediata das obras de pavimentação. Na indicação, Saretta relata que a obra iniciou em fevereiro de 2017, mas foi paralisada no início deste ano. De acordo com o deputado a rodovia é utilizada para o escoamento da produção agrícola, mas sem a manutenção e sem a continuidade do serviço a estrada está precária, prejudicando o transporte da produção de fumo e leite.

Saretta pediu retomada imediata da obra entre Anita e Celso Ramos

DRESCH TAMBÉM COBRA

Deputado Dirceu Dresch foi outro que tocou no assunto. Registrou na tribuna que agricultores e moradores da região realizaram protesto, fechando parcialmente a rodovia para denunciar o descaso do governo. Orçada em R$ 38 milhões, a obra está parada devido à falta de pagamento à empresa que venceu a licitação. Nem a manutenção da estrada está sendo feita, deixando a rodovia em péssimas condições de tráfego, com muita lama e buracos oferecendo riscos para quem trafega.

O QUE DISSE DRESCH

“Essa é um obra prometida há muitas eleições. Depois de muita pressão, a obra iniciou durante o governo Raimundo Colombo, mas nenhum trecho recebeu asfalto, está ainda na fase de abertura e alargamento da estrada, que é de chão batido. É revoltante a situação. As pessoas estão se mobilizando e nós estamos cobrando do governo”.

O protesto na localidade de Santo Antônio, já no território de Celso Ramos, cobra providências para a sequência da obra. Mas na prática tudo dependerá do futuro governador, visto que agora é momento de fechar as contas pela atual gestão

Compartilhe
Continue Reading
Cotidiano

Paço: Turno parcialmente único e recesso

Em tempos de apertar a chincha para fechar as contas no final do ano, decretos estão ordenando mudanças no horário de expediente da prefeitura de Lages. A partir de segunda-feira, 19, aquelas áreas que não atuam diretamente com o público, terão expediente único de seis horas a partir das 13h. Nas demais áreas não só haverá atividade o dia todo, como o trabalho se estenderá por mais uma hora, das 8 às 19 horas.

ÁREAS COM EXPEDIENTE O DIA TODO

Secretaria de Obras – Frentes de trabalho

Secretaria de Serviços – Frentes de trabalho

Secretaria de Saúde – Atendimento externo

Balcão Cidadão – Atendimento ao público

Secretaria de Agricultura – Interior e obras

Finanças – Atendimento ao contribuinte

OUTRAS ÁREAS

Oportunamente outras áreas que também devem manter atendimento em período integral, porque lidam diretamente com o público, como Banco do Emprego, expedição de alvarás, área externa de trânsito, entre outras, devem confirmar o expediente em período integral.

Áreas que atendem diretamente o público funcionam entre 8h e 19h e as demais fazem turno único de 6 horas a partir das 13h

PONTOS FACULTATIVOS

Também através de decretos foram estabelecidos os pontos facultativos para o restante do ano. Nesta sexta-feira, 16, a exemplo do que ocorre no Governo do Estado, áreas não essenciais desativam as atividades. Também foi decretado ponto facultativo nas repartições do município nos dias 24, 26, 27, 28 e 31 de dezembro. Não há informações sobre o período de férias coletivas no Paço.

Compartilhe
Continue Reading
Economia

Bolsa Família: Pobreza de Lages em números

Considerando que Lages possui cerca de 50.000 unidades familiares, percentual próximo a 13% dessas famílias recebe o Bolsa Família. Os números do quantitativo de acesso ao benefício são da Secretaria de Assistência Social e foram apresentados na conversa do secretário Samuel Ramos com a diretoria da Acil. Ele apontou que 6.585 famílias recebem o Bolsa Família com valor médio de R$ 182,00 mensais.

Dados foram apresentados na Acil, dando visão à diretoria sobre a extensão do trabalho social e a realidade da pobreza na cidade

MAIS DE R$ 1 MILHÃO POR MÊS

Significa, portanto, que esse programa social federal coloca R$ 1.198.470,00 todos os meses no orçamento dessas famílias que vivem em situação de pobreza, mas preenchem os requisitos do programa. Haveria ainda 3.014 famílias em situação de pobreza, mas que não se adequam às regras para acesso ao benefício. Se somarmos as famílias beneficiadas e essas outras, temos 9.599 famílias em situação de pobreza na cidade. Ou seja, um em cada cinco núcleos familiares, convivem com a realidade.

LAGES É A QUE MAIS RECEBE

Ainda de acordo com Samuel Ramos, em âmbito de Santa Catarina, Lages é o município que mais recebe o Bolsa Família, considerando essa matemática de 6.585 beneficiados. Ele não citou, mas há casos de famílias que além do bolsa, recebem um benefício assistencial do Governo do Estado no valor de R$ 48,00 mensais.

Um extrato já mostrado aqui na página do benefício que atende famílias lageanas, constituindo-se esse valor inferior a R$ 500,00 como a única renda para muitos levarem principalmente alimentação para casa

Compartilhe
Continue Reading
Serra SC

Pavimentação: Otacílio terá R$ 10 milhões

Polêmica marcou os trabalhos no legislativo na segunda e terça-feira desta semana em Otacílio Costa. Vereadores de oposição reclamaram que a equipe de Tio Ligas colocou em regime de urgência projeto de lei para contrair empréstimo junto à Caixa, através do Programa Finisa, no valor de até R$ 10 milhões. Os recursos são exclusivos para pavimentação (infraestrutura) e saneamento.

E…

A queixa foi o afogadilho. Faltavam alguns minutos para iniciar a sessão da segunda-feira, 12, quando o projeto chegou à Câmara. E apenas vereadores da base de Tio Ligas foram informados sobre o teor do projeto. Por causa disso, o presidente optou por colocar o assunto em votação no dia seguinte, ontem, no caso.

Ao perceber a polêmica da segunda-feira, presidente Pasold transferiu a decisão para o dia seguinte

APROVADO POR OITO A TRÊS

Prefeito Tio Ligas foi à tribuna do legislativo detalhar o projeto que prevê dois anos de carência (para começar a pagar) e oito para pagamento do montante. Hipótese de acessar até R$ 10 milhões evidencia que a prefeitura de Otacílio Costa está ‘bem das pernas’ por ter essa capacidade de endividamento. Depois de suspense e discussão, o projeto foi aprovado pela ampla maioria: oito votos a três. Vereadores Jean, Denilson e Luiz do Sindicato, os três da oposição, posicionaram-se contrários.

Tio Ligas foi pessoalmente à tribuna do legislativo explicar a importância e necessidade do empréstimo

DESTINAÇÃO DOS ‘ATÉ R$ 10 MILHÕES’

Antes da análise do projeto, trocamos dois dedos de prosa com o vice-prefeito Pindaco. Apontou que os recursos, em sendo liberados, serão canalizados para a pavimentação de ruas. “É difícil antecipar o reflexo de um investimento desses na execução das obras. Mas queremos, se não zerar, reduzir muito o número de ruas que aguardam por pavimentação”, aponta Pindaco. Cita que uma das angústias das pessoas é com a poeira e lama na frente de casa. “Daí que esse encaminhamento é fundamental ao município”.

Compartilhe
Continue Reading
Geral

Marcius dialoga com diretoria da Acil

Presidente da Acil, Sadi Montemezzo, tem chamado para o debate lideranças e gestores na busca de encaminhamentos importantes. Foi o que ocorreu com a presença do prefeito Ceron quando se apresentou a demanda de um equipamento para o aeroporto. Ainda ontem, direto de Barcelona onde participa de evento sobre internet, vice-presidente da Acil, Juliano Chiodelli, confirmava a aprovação na Câmara da compra do referido equipamento no valor de R$ 300 mil pela prefeitura.

NA PAUTA DESTA SEMANA…

Além da presença do secretário Samuel Ramos para abordar as questões da área social de Lages, compareceu na Acil o deputado eleito, Marcius Machado. Destacou que hoje o legislativo tem duas matrizes: A matriz legislar e a matriz fiscalizar. “Legislar é minha área, eu entendo disso. Já na fiscalização, a nossa equipe de trabalho técnico terá dois engenheiros para realizar projetos e fiscalizar as obras”.

SEGUNDO MARCIUS…

Para 2020 um deputado terá aproximadamente R$ 6 milhões para emendas, “destes valores 50% é para saúde, 25% para educação e 25% para infraestrutura”. Com relação ao Governo do estado, o deputado eleito explicou que seu posicionamento será de contribuição, “o que for bom vamos estar juntos, mas o que for ruim não vamos aceitar”.

LAGES 2020

Sobre as eleições municipais, afirmou que não irá concorrer ao cargo de prefeito de Lages, “vou concluir meu mandato. É um compromisso que assumi. O que quero é agregar valor e preciso que contribuam com ideias e projetos”.

Deputado eleito, Marcius Machado, reafirma que não foca disputar eleição de 2020 em Lages durante conversa na Acil comandada pelo presidente Montemezzo

Compartilhe
Continue Reading
Política

PSL vai focar chapas puras para 2020

Partido que elegeu Carlos Moisés a governador realizou encontro com integrantes de Executivas Municipais, eleitos e lideranças. Presidente do PSL de Otacílio Costa, Paulo Ricardo, integrou a prosa. Retornou com o ânimo, que já é grande, reforçado. Desafio dado pelo presidente estadual, Lucas Esmeraldino, é estruturar ainda mais a sigla, com filiações daqueles que preenchem o perfil daquilo que chamam de ‘nova política’. E o PSL quer mais…

PARA PREFEITO EM 2020

De acordo com Paulo Ricardo, compartilhando informações com o colega Robson Ribeiro do Correio Otaciliense, a intenção do PSL é se estruturar para lançar candidaturas próprias a prefeito, vice e vereadores não só em Otacílio Costa, mas na maioria dos municípios. Significa, portanto, que a ideia é tentar fazer em 2020 a onda que foi visualizada neste ano para conquistar prefeituras em SC.

Presidente do PSL de Otacílio Costa, Paulo Ricardo com o Comandante Moisés e o desafio de fortalecer a sigla e lançar chapas puras para 2020

Compartilhe
Continue Reading
Economia

Câmara e Havan: Seu mandato, suas regras

Há um ruidinho por causa da postura dos vereadores Amarildo Farias (PT) e Jair Júnior (PSD) – informado por Milton Barão – que não aderiram ao efeito manada de adular o empresário Luciano Hang porque ele, visando ampliar a rede de lojas e faturar mais, está inaugurando a segunda Havan em Lages. Vereador Vone (MDB) propôs a homenagem ao careca que teve o não da dupla.

ENTRETANTO

Carece ficar claro que o empreendimento é bem vindo, mas não é um favor para Lages. Quem ‘ganha o presente’ não é a cidade, mas o dono da loja que vai ampliar o faturamento com a estrutura gigantesca às margens da BR-282. Não é à toa que o empresário pagou uma fortuna pelos 20.000 metros quadrados na área mais nobre daquele terreno da Cepar.

ASSIM

O espaço de 6.900 metros quadrados gera emprego, mas é uma consequência daquilo que a loja se propõe a faturar. Daí a postura dos vereadores é autônoma e eles têm seus motivos para tanto. Até porque, seus mandados, suas regras.

Ademais, seria até estranho se Amarildo Farias, posicionasse-se favorável à referida homenagem

Compartilhe
Continue Reading