Geral

Bérgamo: Novidade da Construtora Terra

RESIDENCIAL SERÁ CONSTRUÍDO PRÓXIMO AO CENTRO NO BAIRRO PETRÓPOLIS

Este é o novo lançamento da Construtora Terra. Depois do residencial que leva o nome da empresa (bairro Frei Rogério) e empreendimentos como Távora Tigre, Mariah, Centenário e Mirante da Boa Vista, o Residencial Bérgamo une referência em bem construir com as inovações que o mercado exige. Doze andares, sendo dois deles de garagens, com previsão de 79 apartamentos.

O Residencial Bérgamo se localizará numa das esquinas do Loteamento Parque das Araucárias, próximo ao Mirante da Boa Vista na Avenida Papa João XXIII, caminho entre o Centro e a Área Industrial de Lages

O Residencial Bérgamo é a novidade da Construtora Terra no mercado imobiliário de Lages

Compartilhe
Continue Reading
Geral

Vacina: ‘Linha de trás’ fura a fila?

SERVIDORES DO TEREZA RAMOS QUESTIONAM CRITÉRIOS NA VACINAÇÃO

Está ali no boletim da Secretaria da Saúde de Lages que, até a quinta-feira, 21, foram vacinadas 838 pessoas na cidade. Além de idosos residentes em casas asilares, a vacina se direciona à chamada linha de frente no atendimento da área da saúde. “Mas no Hospital Tereza Ramos integrantes da diretoria, que atuam mais na área administrativa receberam a vacina antes dos técnicos e profissionais que estão no dia a dia atendendo as pessoas diagnosticadas com a doença”, informa-nos um dos servidores, chateado com o privilégio.

OCORRE QUE…

Integrantes da direção do Tereza Ramos e de outros hospitais têm também o direito à vacina, por estarem convivendo num ambiente de risco elevado de contágio. Entretanto, há aquilo que poderíamos chamar de prioridade das prioridades que é a vacinação de médicos, enfermeiros e enfermeiras, enfim, técnicos que estão na rotina de atendimento de pacientes em UTI e enfermarias.

Em tese, essa inversão de prioridade não caracteriza ‘fura fila’ visto que a todos que atuam na área da saúde diretamente está a previsão da vacinação prioritária. Mas por questão de bom senso, o ideal e correto é que aqueles da linha de frente recebam a imunização de imediato. E aqueles ‘da linha de trás’ podem aguardar um pouquinho mais. Penso!

Compartilhe
Continue Reading
Geral

Alesc: Júlio Garcia volta à presidência

PARLAMENTO AFASTOU ‘INTERFERÊNCIA’ DO JUDICIÁRIO FEDERAL

Assembleia Legislativa aprovou, em sessão extraordinária nesta quinta-feira, 21, projeto de resolução e revogou efeitos das decisões da juíza federal substituta Janaína Cassol Machado. A magistrada determinava a prisão preventiva domiciliar e o afastamento do deputado estadual Júlio Garcia (PSD) do cargo de presidente da Alesc e do mandato.

PLACAR AMPLO

Foram 30 votos a favor da reversão da decisão judicial, três contra e duas abstenções, além de três ausências. Por estar afastado, Julio Garcia não participou da sessão, e o vice-presidente, Mauro de Nadal (MDB), que presidiu os trabalhos, não votou. O projeto foi elaborado com base no voto do relator da matéria na CCJ, deputado Kennedy Nunes (PSD).

STF COMO BASE

Ainda na CCJ, houve divergência quanto à possibilidade de a Assembleia analisar, além da prisão, as medidas cautelares. “Eu coloquei no voto a questão da prisão e também do afastamento porque o STF já se manifestou e existe uma súmula que as questões cautelares também devem ser avaliadas no plenário da casa onde o parlamentar está colocado”, explicou Kennedy.

GARCIA NEM É RÉU

De acordo com Kennedy Nunes, as Constituições Federal e Estadual são claras: qualquer parlamentar, quando diplomado e empossado, só pode ser preso em flagrante delito por crime inafiançável. “No caso do deputado Júlio, não tem flagrante de crime inafiançável. É uma investigação, não tem sequer uma condenação, ele não é réu”.

A deliberação ocorreu através do sistema virtual, numa sessão extraordinária, já que estamos no período de recesso parlamentar na Alesc

Compartilhe
Continue Reading
Geral

PSL: Uma missão a Lucas Neves

DESAFIO DO JOVEM LÍDER LAGEANO É ARTICULAR A SIGLA NA SERRA

“Tiramos essa parte de janeiro de férias, mas agora é pé na tábua. Não frouxemos nem um tento”.

As palavras acima são de Lucas Neves, que aparece no registro à direita, visitando o prefeito Duduca e a vice Alice Pessoa em Bocaina do Sul. Lucas recebeu o desafio do presidente estadual do PSL, deputado Fábio Schiochet, de percorrer os municípios da Serra Catarinense, colhendo demandas e articulando o partido. Em Bocaina do Sul a vice eleita é do PSL

E numa evidência de que o trabalho do PSL não é apenas em municípios onde o partido elegeu integrante da majoritária, o registro acima é da visita ao prefeito Fabiano Baldessar (MDB) em Otacílio Costa.

DIZ LUCAS QUE…

“Além dessa visita para colher demandas e encaminhar para buscarmos emendas, através do deputado Fábio Schiochet, também estamos dialogando com vereadores do PSL e lideranças da sigla. O foco é esse trabalho de aproximação e integração de forma constante”.

Compartilhe
Continue Reading
Geral

Covid-19: Um óbito por dia na Serra

CHEGAMOS À LAMENTÁVEL MARCA DE 300 ÓBITOS EM 10 MESES

Foi no dia 21 de março que Lages confirmou o primeiro caso de Covid-19. São 10 meses desde o início do registro da doença na cidade. Considerando o boletim atualizado de 21 de janeiro, somando os óbitos dos 18 municípios da Serra Catarinense, contabilizamos o lamentável número de 300 mortes. Na média é como se tivesse morrido uma pessoa todo dia na Serra da doença.

Aqui está o boletim atualizado da noite de quinta-feira, 21.01.21. Os dados indicam ainda que 838 profissionais de saúde e idosos já foram vacinados em Lages

AINDA

São 10 meses desde o início dos registros de casos de Covid-19 em Lages, mas as mortes iniciaram dia 06 de julho, ou seja, há 200 dias.

Compartilhe
Continue Reading
Geral

São Joaquim: Pressão por federalização

MOISÉS É ALIADO PARA FEDERALIZAR RODOVIA CAMINHOS DA NEVE

Tem dedo do prefeito Giovani Nunes (do mesmo PSL do governador) as explicações sobre a importância e necessidade da federalização definitiva da rodovia que interligará (no futuro), os municípios de São Joaquim e Bom Jesus (SC e RS). Tanto que Carlos Moisés enviou documento do Ministério da Infraestrutura reforçando o pedido para que o Governo Federal assuma o trecho, a manutenção e as melhorias na futura BR-438.

Carlos Moisés, nesse registro com o prefeito Giovani Nunes, reiterou que o governo estadual é favorável à ação, transformando a rodovia em um corredor turístico entre as serras catarinense e gaúcha.

PROVIDÊNCIAS DO ESTADO DE SC

Para agilizar os trâmites, o Estado já providenciou a desafetação da SC-114, no trecho entre São Joaquim e o entroncamento com a estrada de acesso a São Sebastião do Arvoredo. A medida permite desincorporar a estrada do domínio estadual. A rodovia já consta no Sistema Nacional de Viação e possui os estudos e projetos necessários.

11 KM ATÉ A FRONTEIRA

O governador também pediu a continuidade das obras da rodovia. Porém, o Governo Federal precisa emitir a Portaria de Absorção da Rodovia BR-438 para que o DNIT conclua os últimos 11 quilômetros da SC-114. “São melhorias que a Serra catarinense necessita, com prioridade para a recuperação da Ponte das Goiabeiras, que se encontra em situação extremamente precária”, afirma o governador Carlos Moisés.

A travessia entre SC e RS é bastante precária através da chamada Ponte das Goiabeiras que não oferece segurança alguma para a passagem entre os dois Estados

Compartilhe
Continue Reading
Geral

Índices, Geni e pedradas no Gringo

Havia recebido a ponderação a respeito da informação de um economista amigo da jornalista Olivete Salmória sobre os índices de ICMS e IPM de Lages. Tais letrinhas repercutem na arrecadação paroquiana. Como a área técnica da prefeitura desdisse o dito pelo economista que, pelo jeito economizou até no aprendizado – e a jornalista publicou o conteúdo – a gente reverbera aqui.

OCORRE QUE…

Há uma prática ‘da moda atual’ de jogar pedras no Gringo. Qualquer índice dissonante na paróquia, a culpa é do prefeito. Lembra até a música do Chico Buarque sobre a puta Geni, aquela que salvou a cidade do malvado do Zepelim e, depois do feito, continuou sendo alvo das pedradas. Mas só lembra porque a gente não está comparando até porque o corpo de Geni era dos errantes, dos cegos, dos retirantes e de quem já não tem mais nada. Inclusive dava até atrás do tanque indo ainda amiúde com os velhinhos sem saúde.

SOBRE O MOVIMENTO ECONÔMICO DE LAGES

O ‘ESTUDO’ DO ECONOMISTA APONTA QUE…

“Comparativamente, o quadro acima demonstra como as últimas administrações ‘receberam e entregaram’ o IPM no ICMS. E nesse quesito, a pior entrega também ocorreu na atual administração, com uma queda de 10,78% (recebeu IPM de 1,94 em 2017 e entregou 1,73 em 2021)”.

ACONTECE QUE…

O economista esqueceu da bíblia sobre esse assunto que é a Lei Kandir (63/90). Lá no artigo 4.º e § 4.º indica que: “O índice referido no parágrafo anterior – que é o do IPM – corresponderá à média dos índices apurados nos dois anos civis imediatamente anteriores ao da apuração”.

SIGNIFICA QUE…

Ceron não ‘entregou’ o IPM de seu primeiro mandato lá embaixo porque os índices são calculados considerando a média apurada dos dois anos civis imediatamente anterior. Significa que os índices do primeiro mandato do Gringo consideram dados de 2017 e 2018. Naturalmente que os dados de 2019 e 2020 podem ser ruins. Mas para efeito da Lei Kandir, esses dois últimos anos ainda não repercutem no impacto do IPM. E assim, este ainda não é o time para jogar pedras no Gringo. Carece de entrar na fila…

AINDA DO QUE RECEBEMOS,

EIS A SEGUINTE PONDERAÇÃO

“O IPM é calculado por associações de municípios (tipo a Amures), muitas vezes com brigas judiciais. Mas o valor não depende exclusivamente da administração pública. Assim, não é correto afirmar que uma administração entrega índices maiores ou menores (…). Até porque, ICMS trata de movimentação de mercadorias e não de produção”.

OU SEJA

Há vilões e mocinhos, gestores e jeitores nesse assunto. Mas é equivocado colocar na conta do Gringo o desgaste pelas variantes da economia. Pelo menos por enquanto. Até porque, o gestor público, parafraseando a letra da Geni do Chico, precisa praticar gestos de cativar forasteiros. Isto porque, quando o assunto é crescimento econômico, diante de todo empreendedor disposto a apostar em Lages devemos beijar a sua mão e se preciso com:

O prefeito de joelhos

O bispo de olhos vermelhos

E o banqueiro com um milhão

Fotomontagem que esta na web da UCP que ilustramos o post

Compartilhe
Continue Reading
Geral

Giovane Nunes anuncia o time em SJ

COLEGIADO DO PREFEITO REELEITO FOI CONFIRMADO EM SÃO JOAQUIM

José Maccari é o titular do Gabinete do Prefeito, cuidado da parte técnica e administrativa relacionada à gestão do prefeito Giovani

Professor Fabiano Padilha segue no comando da Secretaria da Educação

Adriana Cechinel Schlichting de Martin toca uma das áreas mais importantes da gestão em São Joaquim: A Secretaria de Turismo, Indústria e Comércio

Volney Francisco Beckhauser Junior é o responsável por outra área de atuação importante: Secretaria da Agricultura e Meio Ambiente

Ela cuida do cofre e das finanças: Lara Aparecida Schmidt é a Secretária da Fazenda em São Joaquim

Nunca se exigiu tanto da gestão na área da saúde em tempos de pandemia. E José Teodoro de Sena Amaral é o titular da Secretaria da Saúde)

Daniele Hugen Rodrigues é a Secretária da Administração

O cara que fiscaliza a todos, inclusive o prefeito, é Lucas Almeida, responsável pelo Controle Interno, estrutura que cumpre exigência do TCE de acompanhar e supervisionar a aplicação das normas e de quantitativos do orçamento

A área de planejamento passa pelas mãos de Sheila Forgerine Zanette a Secretária de Planejamento de São Joaquim

Dona Marilda dos Santos toca a Secretaria de Assistência Social

E o homem que é pau pra toda obra está aí: Antônio Luiz da Silva Nunes responde pela Secretaria de Obras no município

E aqui um retrato de todos juntos com o prefeito Giovani e a vice Ana Melo ao lado do Paço

Compartilhe
Continue Reading
Geral

Moisés cita R$ 10 bilhões até 2022

FOI DURANTE A POSSE DA FECAM QUE GOVERNADOR CITOU AS CIFRAS PREVISTAS DE INVESTIMENTOS

Governador Carlos Moisés segue naquela desenvoltura que era esperada desde o início do mandato, mas que engrenou somente depois do afastamento temporário do impeachment. Na posse da Fecam ele citou que até ano que vem pretende investir R$ 10 bilhões em Santa Catarina. E acenou a necessidade de parceria com os municípios para despejar essas cifras em obras e ações.

Prefeito de Araquari, Clenilton Pereira (PSDB) com Sisi Blind. Ele é o novo presidente da Fecam e Moisés na pregação de valores que fazem os prefeitos brilharem os olhos para investimentos no segundo tempo de seu mandato

Parte da nova diretoria da Fecam:  Jorge Koch (Orleans), Clenilton Pereira (Araquari), Luzia Vacarin (Cunha Porã) e a prefeita Milena Lopes (Vargem), durante a posse. Milena é a vice presidente da entidade

***

NESTA SEXTA-FEIRA, 22

TEM NOVIDADE NO SETOR

IMOBILIÁRIO DE LAGES

Nesta sexta-feira, 22, acontece o lançamento desse empreendimento em Lages. Informe-se no telefone acima. Invista!

Compartilhe
Continue Reading
Geral

Serra vacina contra a Covid-19

DOSES ATENDEM PRIORITARIAMENTE PROFISSIONAIS DE SAÚDE E IDOSOS

Não tivesse levado essa eternidade para a chegada do socorro em forma de vacina, aqueles profissionais de saúde que dedicaram a vida a atender pacientes, não teriam perdido a vida. Mas a estratégia do SUS é frear a perda de outros profissionais, priorizando esses no acesso à dose do primeiro lote. Nesse sentido, mesmo que em quantidades menores, os municípios da Serra Catarinense seguem a mesma linha de aplicação da vacina naqueles que estão na linha de frente de combate à Covid-19.

Prefeito Fabiano Baldessar e a secretária Juliana Silva acompanham a aplicação da vacina no médico Carlos Alberto Zeilmann. No hospital Santa Clara ou na localidade do Fundo do Campo, o profissional segue na peleia do atendimento e agora imunizado

Parte do time da área da Saúde em Otacílio Costa no trabalho contínuo de atendimento e imunizado por causa do enfrentamento na linha de frente contra a Covid-19. Mais segurança a esses profissionais que merecem a distinção pelo risco exposto no atendimento a pacientes na cidade e interior

Informações e fotos: Thiago Mariano

SÃO JOAQUIM NA MESMA LINHA

Vacina aos profissionais de saúde iniciou na tarde da quarta-feira, 20, em São Joaquim. O município recebeu 218 doses para atender esse grupo prioritário que está na linha de frente do atendimento.

Graziela Costa, enfermeira na Unidade Central, foi a primeira pessoa a ser vacinada em São Joaquim com a CoronaVac, a funcionária do Centro de Triagem Simone Matos de Lima e o médico do SAMU e Hospital, Cristiano Campos Araújo, foram os três primeiros a serem imunizados em São Joaquim.

EM BOM JARDIM DA SERRA…

O vice Cesar Nesi e o prefeito Pedro Ostetto conferiram a aplicação da primeira dose da vacina em Bom Jardim da Serra. A enfermeira Guilhermina Ribeiro foi a primeira a receber uma das 29 doses que chegaram ao município.

***

DE CORTES NOBRES À CARNE MOÍDA:

VARIEDADE, QUALIDADE E PREÇO JUSTO

NO EMPÓRIO DAS CARNES EM LAGES

frescal de costela está na promoção e a gente recomenda!

Compartilhe
Continue Reading