Polícia

Lages: 23 do PGC presos por assassinato

Aquilo que até dias atrás só se via no noticiário nacional bate à porta das ocorrências policiais e judiciais aqui na Serra Catarinense. Equipe da DIC, sempre atuante e liderada pelo delegado Sérgio de Souza, conseguiu investigar, representar na justiça e prender 23 homens, todos acusados de organização criminosa para perpetuar um assassinato dentro do Presídio de Lages.

CIRCUNSTÂNCIAS

De acordo com as informações, a partir do inquérito policial concluído pela DIC, no dia 26 de maio assassinaram Edson Ramos, detento do presídio lageano (bairro Santa Clara). A morte fora causada por uma dívida que Ramos teria junto ao PGC – Primeiro Grupo Catarinense, facção criminosa investigada pelas forças policiais do Estado.

VINTE E TRÊS PRESOS

Ao todo 23 pessoas foram presas, a partir de mandado expedido pela 1.ª Vara Criminal de Lages. Todos responderão a homicídio, dentro do enquadramento de crime hediondo que não permite responder o processo em liberdade. Os 23 presos foram encaminhados ao presídio do bairro Santa Clara onde aguardarão o desdobramento do processo em curso.

Imagem ilustrativa de uma das operações da DIC de Lages em fevereiro deste ano e o desdobramento da investigação sobre o assassinato de detento ocorrido no Presídio Masculino

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *