Polícia

Mistério no crime mais bárbaro do ano

Apesar de todo assassinato conter história chocante, nenhum foi mais brutal que aquele cometido contra Antônio César Pereira, o Cesinha, 43 anos. Ele foi encontrado morto no dia 07 de dezembro, um sábado à tarde. Os atos que antecederam a morte de Cesinha chocam quem o conhecia ou nos bairros São Sebastião (onde foi o crime) e Guarujá, onde era bastante conhecido.

BRUTALIDADE

Cesinha foi encontrado morto, com os cinco dedos da mão esquerda mutilados. Um dedo do pé também fora cortado. Não satisfeito, o assassino (ou assassinos) ainda cortou as genitais da vítima, assim como arrancou parte do couro cabeludo. Um horror!

INVESTIGAÇÃO

Esse é o único crime que a Polícia Civil ainda não conseguiu identificar autor ou autores. Acredita-se que mais de uma pessoa tenha cometido a atrocidade. Também há desconfiança  de que o crime possa ter relação com algum caso amoroso da vítima, considerando a mutilação dos órgãos genitais.

Jatir Fernandes fez a cobertura para o Notícia No Ato do trabalho pericial que coletou vestígios que, num cruzamento de dados, podem ajudar a Polícia Civil a chegar até a autoria do crime brutal

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *