Polícia Serra SC

Nem a polícia escapa de ladrões na Serra

Não se trata de negligência, mas da evidência da falta de contingente policial na Serra Catarinense. O assunto volta e meia entra e sai da pauta das lideranças políticas (deputados, prefeitos, vereadores). Mas o problema persiste. Há municípios que atravessam o final de semana com apenas um policial de plantão. Se sair atender uma ocorrência a delegacia fica à mercê. Se der um assalto, como um único vivente vai enfrentar a bandidagem?

FURTO NO CERRO NEGRO

A ocorrência no Cerro Negro no final de semana serve para ilustrar essa realidade enfrentada pelos pequenos municípios. Um homem (o suspeito está sendo investigado) adentrou no destacamento da PM (ao lado da delegacia da cidade), enquanto o único policial estava em outro afazer. O ladrão levou o armamento (uma pistola) utilizada pela guarnição. Ao perceber o furto, o policial verificou as câmeras de vídeo, confirmando a ação do ladrão.

PORTANTO

Na Serra Catarinense, por mais pacatas que pareçam as nossas cidades, nem a polícia escapa da ação dos ladrões. Que dirá o cidadão comum!

A presença do policiamento assim em municípios na Região dos Lagos (a foto é em Anita) é sempre bem-vinda. Mas os municípios sofrem com o baixo contingente policial na área urbana e pior ainda nas localidades do interior quer seja de Anita, Cerro, Campo Belo, Capão Alto e outras partes da Serra

EM TEMPO

A informação chegou apontando que o furto ocorreu na delegacia de Cerro Negro, já que para a comunidade, o ‘complexo de segurança’ da PM e Polícia Civil é tudo delegacia. Mas apenas para esclarecer, o episódio se registrou no destacamento da PM, que fica do lado da delegacia.

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *