Polícia

Polícia vai apurar morte em pomar de maçã

Clima de verdadeira comoção nas redes sociais a partir da informação da morte de Indianara Nogueira. Ela era mãe de duas crianças e se deslocou para trabalhar no pomar de maçã de uma das maiores empresas de produção da fruta de Lages. De acordo com informações, a trabalhadora acabou tendo contato com fiação elétrica. E isso teria resultado num choque em proporções suficientes para levá-la à morte. O episódio lamentável aconteceu na manhã de quarta-feira, 14.

DESDOBRAMENTO

Segundo as informações, a empresa tomou as providências cabíveis relacionadas ao fato. Uma investigação da Polícia Civil irá apurar as circunstâncias do ocorrido, constatando se foi acidente ou alguma falha da empresa. Como a referida empresa – e os pomares em geral na Serra Catarinense – contratam trabalhadores com o devido registro em carteira, há com essa relação reconhecida a proteção que permitirá ajuda às crianças. O episódio, infelizmente, é bastante lamentável, mas não isolado. Com frequência há acidentes envolvendo trabalhadores na colheita.

Mulher teria morrido após entrar em contato com fiação elétrica energizada em pomar de maçã em Lages

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *