Polícia

‘Pra que ficar juntando os pedacinhos…’

O QUE SOBRA EM UM ACIDENTE A 192 KM/H?

Policiais Militares Rodoviários tanto do Posto de Painel quanto de Palmeira têm usado com certa frequência o radar para coibir excesso de velocidade na SC-114 (rodovia que – a partir de Lages – tem a mesma numeração no sentido Otacílio Costa e São Joaquim). E o uso do radar móvel desperta reclamações de todo gênero por causa das notificações aos que excedem o limite de 80 km/h.

MAS UM EXEMPLO QUE CONFIRMA

A IMPORTÂNCIA DA FISCALIZAÇÃO

Está na rede social a imagem e nos noticiosos informativos a evidência do abuso nas aceleradas. Antes das 11 horas da manhã do domingo numa reta da SC-114 lá estava o motociclista a mais que o dobro do limite de velocidade permitida para o trecho. Além da multa de R$ 880,41 – é a gravíssima multiplicada por três – o dono da possante terá a CNH suspensa.

Agora pense num condutor desses sofrendo um acidente. A hipótese de sobrevivência é zero. Esse tipo de imprudência é a versão no trânsito de uma roleta russa. Bateu, nem adiante ficar juntando os pedacinhos no asfalto…

E…

Quando racha a cara e morre sozinho ainda é menos traumático ao coletivo. O problema é quando um caipora desses se envolve em colisão colocando em risco a vida de quem não tem nada a ver com esse tipo de loucura!

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *