Polícia

Rapaz do Guarujá preso por golpe na internet

Equipe do delegado Jackson Guasselli Pessoa que atua na 2.ª Delegacia de Polícia de Lages – bairro Coral – cumpriu, na sexta-feira, mandado de busca e apreensão em uma residência localizada no bairro Guarujá. Era o desdobramento de uma investigação que vinha sendo realizada com discrição fazia algum tempo. Os policiais acabaram elucidando um crimes de estelionato que eram cometidos pela internet.

HACKER INVADIU E-MAIL

As investigações tiveram início quando uma vítima, moradora da cidade de Rio do Sul, teve sua conta de e-mail invadida e hackeada. Com isso, seus dados de cartão de crédito clonados. Com tais dados o hacker efetuou diversas compras, todas online. O endereço para entrega dos produtos era na cidade de Lages, na residência do suspeito, onde foram cumpridas as buscas.

LAGEANO RECEBIA MERCADORIAS

COMPRADAS ILEGALMENTE

De acordo com o apurado, o suspeito de iniciais R.M.F., 21 anos, morador do bairro Guarujá em Lages, agia em conjunto com o hacker, que residente em outro Estado. Esse era quem clonava os dados e realizava as compras online. Já R.M.F. recebia os produtos em sua casa e depois os remetia para esse mesmo indivíduo, ganhando uma espécie de percentual do valor do bem. Toda essa artimanha, de enviar para um endereço e depois para o outro, tinha a finalidade de dificultar o rastreamento dos produtos e também do destinatário final.

Imagem é de arquivo e refere a outra investigação da Polícia Civil de Lages, numa demonstração que crimes na internet não estão imunes à atuação da força policial. Equipe do delegado Jackson Guasselli merece reverência pela atuação e resultado do trabalho já que não se trata de um trabalho de resultado fácil e nem imediato

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *