Polícia

PM tenta reduzir criminalidade na área rural

Rede Rural é uma estratégia institucional que integra as redes de prevenção da PM. A ideia é que a polícia esteja cada vez mais próxima das comunidades rurais realizando ações de proteção e orientação. O programa busca aumentar o senso de vigilância das pessoas nas comunidades. Como a criminalidade também se registra de forma frequenta no interior, com ocorrência de furto de gado e até abate clandestino utilizando motosserra, a PM tenta dar resposta através de parcerias e orientação.

NESSE SENTIDO

 Granja São Francisco, distante 35 quilômetros do centro de Lages, foi a primeira a receber a certificação da Rede Rural de Segurança da PM. Entrega e colocação da placa em reconhecimento ao desenvolvimento da autoproteção aconteceram nesta semana. Cerca de 190 propriedades foram cadastradas. Aquelas que possuem condições mínimas de segurança serão certificadas. Para isso, a Patrulha Rural faz uma inspeção e verifica se possui requisitos de segurança. Caso não possua, o proprietário é orientado em como deixar seus bens melhores protegidos.

Diretor da Cooperplan, Arnaldo Moraes, conta que enfrentavam muitos problemas com furtos e roubos na área rural. Há cerca de um ano, firmou-se convênio com a PM. “Percebemos que a visita frequente da Patrulha Rural inibiu bastante a ação de bandidos. Esse é um movimento natural dos moradores do interior que estão preocupados em garantir a segurança da sua família e propriedade”.

Informações e foto: Catarinas Comunicação

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *