Política

20.05.19 – 20.07.20: 14 meses das convenções

Faltando exatamente um ano e dois meses – já que o prazo abre em 20 de julho – para o início das convenções que irão homologar nomes para as disputas em Lages, os nomes colocados na praça para concorrer são os seguintes, por enquanto:

PPS – Carmen Zanotto e/ou Toni Duarte

PSL – Airton Amaral e/ou Juliano Chiodelli

PSD – Antônio Ceron e/ou Samuel Ramos

PT – Moisés Savian e/ou Amarildo Farias

PSDB – Não apresenta nomes… ainda!

Talvez no PRB – Lucas Neves

PR – Não lança candidatura

Talvez no Novo – Jair Júnior

MDB – Thiago de Oliveira

PP – Juliano Polese

Caso Carmen Zanotto não dispute, o nome do PPS (que agora se chama Cidadania) é do cavaleiro acima. Toni não pretende deixar o cavalo passar encilhado. Mas naturalmente estuda cenários juntamente com as lideranças do partido

INTERESSANTE QUE…

Dos partidos que disputaram a eleição em 2016 em Lages, apenas o PSD aposta na disputa ano que vem. Virá com a reeleição de Ceron ou nome alternativo. O PR que concorreu com Marcius Machado não vem para a disputa ano que vem. E o PSDB que alinhado ao MDB beirou os 30 mil votos com Roberto Amaral, a partir do recolhimento do empresário, não apresenta nenhum tucano com fortidão para a disputa. Pelo menos por enquanto.

A experiência de Amaral entreverado com MDB, PPS, PR e PTB não se repetirá ano que vem no PSDB. Daí os tucanos não têm nome com cacife para colocar no jogo. Pelo menos por enquanto!

AINDA DO NOTICIÁRIO

POLÍTICO PAROQUIANO

Leio na página da jornalista Olivete Salmória o beicinho do atento Luiz Marin por causa da saída de Nilson Cruz da Fundação Municipal de Esportes. Cobra do partido a falta de informação sobre questões como essa. Entretanto, embora pareça que o PP ocupa espaços na atual administração, a partir de um loteamento de cargos ‘este para mim, este para você’, o que ocorre na prática são decisões relativamente técnicas. Tanto que o substituto de Nilson Cruz na FME pode até ser do PP, mas não por questão política e sim técnica.

Por sinal, em âmbito de legislativo, o PP tem uma realidade interessante. O líder do partido reclama da falta de informações e o outro vereador da sigla, Lucas Neves, não está nem aí para o PP já que pretende embarcar em outra agremiação partidária para disputar a eleição para prefeito

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *