Política

2020: Um vice para Carmen Zanotto?

Apesar dessa aparente banho maria na política paroquiana por conta da pandemia, nos bastidores o assunto ferve. Uma das dúvidas nesse mar de incertezas que rondam o processo eleitoral está a candidatura de Carmen Zanotto.

A deputada já declarou que vem disputar o pleito. Mas há quem entenda sua declaração como forma de marcar território. “Não sei se ela sai. Se sair, não sei se chega”. Foi o que ouvimos na metade da tarde da sexta-feira, 19.

OUTRA INCERTEZA

Presença de Carmen Zanotto na disputa é uma incógnita, apesar dela própria já ter declarado a disposição em disputar. Por outro lado há aqueles se afoitando para ocupar a janelinha da vaga de vice da deputada. Aquela declaração de Jorginho Mello na Clube FM de que aposta na candidatura da deputada à prefeitura de Lages e que o PL (sigla do Senador) estará com ela, afoitou liberais. Houve quem apontasse o nome de Armando Duarte, diretor do Colégio Industrial, filiado ao PL. Mas outro nome também se ventila: Samuel Ramos.

AGORA NO DEM

Vereador Samuel Ramos, por causa de uma leitura de cenário futuro, recolheu-se do agrupamento que integrava com Lucas Neves, Thiago de Oliveira, Bruno Hartmann, Jair Júnior. Sua saída do grupo não o colocou de volta ao Paço de onde saiu deixando gente magoada. Prefeito Ceron não voltou a falar com Samuel ‘por causa da ingratidão e o dente no facão’. Daí a ventilação da hipótese dele vir a compor como vice de Carmen.

Samuel Ramos, lendo o blog do Edson Varela e esperando o telefone tocar. Ele é pré-candidato a prefeito pelo DEM, mas em carreira solo não sairia. Seria uma postura política kamikaze. Daí o caminho seria mesmo uma composição. Mas com quem será?

Foto: Aline Borba – Câmara Lages

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *