Política

Aliança ou PSL: Para onde irá Lucas Neves?

Curiosidade na esfera política local diz respeito ao destino do vereador Lucas Neves. Ele deixará a sigla pela qual se elegeu – o PP – aderindo, a princípio, ao PSL. Para tanto fora convidado pelo governador Carlos Moisés para esse deslocamento que o deixaria em condições de concorrer na majoritária em 2020. Lucas já declarou que a vereador não irá concorrer mais.

ENTRETANTO

De hoje para amanhã o Presidente Bolsonaro anuncia que estará deixando o PSL e se integrando a uma nova agremiação partidária denominada Aliança Pelo Brasil. Há certo suspense de Lucas Neves irá mesmo se filiar ao PSL, mesmo sem Bolsonaro continuar na sigla, ou se optará por integrar a nova sigla com o Presidente da República.

SEM JANELA

Caso opte por aderir ao levante do PSL, mesmo sem ter se filiado ainda, ingressando na Aliança Pelo Brasil de Bolsonaro, Lucas Neves nem precisaria esperar março (a janelinha) para se filiar a um novo partido e, por tabela, abandonar o PP. É que nos casos de adesão a novos partidos, não depende do prazo da janela de filiação, sem incorrer na infidelidade partidária.

De tudo isso, algo está desenhado: Lucas Neves e Juliano Polese no mesmo PP, isso não se sustentará em face da opção do vereador de deixar a sigla

SOBRE O PSL E A ALIANÇA

Encontro com o deputado Eduardo Bolsonaro em Criciúma, sexta-feira, 08, deixou claro que a nova sigla do Presidente da República se afasta do PSL. O próprio governador Carlos Moisés já declarou que não acompanha Bolsonaro e segue no PSL. Em Lages lideranças como Ronaldo Cordeiro e Juliano Chiodelli devem seguir no PSL. Como estava no evento de sexta-feira em Criciúma, o suplente Airton Amaral tende a migrar para a nova sigla.

Airton Amaral nos informou que a vice governadora Daniela também vai para a Aliança de Bolsonaro, deixando o PSL

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *