Política

‘Boca aberta’: Sobrou para Esmeraldino

Presidente do PSL em Santa Catarina, Lucas Esmeraldino, num desabafo a prefeitos serranos na última reunião da Amures chorou as pitangas diante de um Estado em frangalhos herdados para administrar. “Ele prega que tudo que se fez até agora foi ruim e errado”, disse um prefeito que prefere não se identificar para que o município não seja discriminado pelo Governo.

POR OUTRO LADO

Cita que na mesma fala, Esmeraldino, ao vender as ações da secretaria que comanda (SDS), destaca o fato de Santa Catarina ser o segundo melhor Estado em índices econômicos do País, ficando apenas atrás de São Paulo. “Será que ele acha que esse bom posicionamento é coisa do governo que ele integra ou resultado do esforço dos últimos tempos?”. A postura contraditória rendeu até uma adjetivação de um prefeito ou outro a Esmeraldino: “É um boca aberta”.

Esmeraldino cuja pregação não é engolida por unanimidade entre os gestores da Serra. Foi chamado até de ‘boca aberta’

PAVAN: GOVERNO TARTARUGA

“Perdoe-me o meu amigo Lucas e também o governador de quem sou amigo, mas a gestão deles quando o assunto é turismo é um desastre. Desmantelaram a estrutura pública que cuidava de um setor que responde por 13% do PIB de Santa Catarina. “Não sei onde eles querem chegar. E acredito que eles também não saibam. Está muito devagar. Pior que tartaruga”.

Declaração acima de Leonel Pavan, que foi governador, deputado e Secretário de Estado de Turismo, desanimado com as políticas públicas do setor pelo governo de Carlos Moisés.

Pavan que nesta mesma época ano passado estava internado em estado de coma, circulou pela Festa do Pinhão e lamentou o fato do atual governo ‘ter dado as costas ao setor de turismo’

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *