Política

Câmara: Pedido bobo de cassação arquivado

Porque era uma coisa sem sentido, relator Maurício Batalha (PPS) encaminhou pelo arquivamento da representação que pedia a cassação do mandato do vereador Gerson Omar dos Santos (PSD). Ele foi ‘acusado’ de ter viajado à Brasília, com diárias, para acompanhar o acesso a recursos para estudar contenção de alagamentos em Lages. O pedido, sem qualquer fundamento jurídico válido, argumentava que não é papel de vereador tal deslocamento com despesas custeadas pelo poder público.

A viagem que causou o pedido de cassação do mandato de Gerson dos Santos foi essa em que ele acompanhou o prefeito Ceron nas tratativas no DF. O assunto inclusive foi considerado sem propósito, visto que, como dissemos, não encontra embasamento ou lógica, tornando o assunto ‘cassação’ na Câmara de Lages algo de varejo que acaba por cair no descrédito.

VEREADORES DA SERRA NO DF

O deslocamento de vereadores serranos à Brasília é uma constância. E não necessariamente por questões administrativas, mas também para realizar cursos e até protestar. No final de abril o vereador Luiz Carlos Barbosa (PSD) de Otacílio Costa esteve no DF participando da marcha de prefeitos e vereadores. Como ele, vários outros vereadores da Serra Catarinense estiveram por lá. Não houve qualquer questionamento ou movimento pedindo a cassação do mandato dos mesmos por causa da viagem. Até porque não existe ilegalidade nisso, mesmo com despesas custeadas através de diárias.

Luiz Carlos Barbosa de Otacílio Costa com vereadores e prefeitos na marcha dos municípios em Brasília

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *