Política

Carmen Zanotto: De tão bom chega ser ruim

Para quem torce que a deputada Carmen Zanotto deixe essa vida parlamentar com as idas e voltas à Brasília e mire o projeto de virar prefeita de Lages em 2020, uma má notícia. Ela alçou mais uma referência de destaque na atuação como parlamentar no DF. O DIAP – Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar – realizou mais uma vez aquele trabalho técnico e minucioso para chegar aos chamados ‘cabeças do parlamento’.

QUEM SÃO?

São deputados e deputadas, além de integrantes do Senado, de maior influência no Congresso. De Santa Catarina apenas dois nomes: Amin, que é veterano de guerra política e ela, a deputada lageana Carmen Zanotto.

Nesse mosaico que mostra 50 dos 100 mais influentes ali está Carmen Zanotto integrando o elenco de parlamentares que não são meros coadjuvantes na atuação no DF

POIS ENTÃO

Daí surge aquele coçar de cabeça: Resgatamos Carmen Zanotto para vir para o projeto majoritário em Lages? Ou deixamos ela nessa atuação destacada como parlamentar? Claro que não é decisão minha ou sua, mas paira a dúvida.

DE QUALQUER FORMA

Vale aquelas palavras que não são minhas e que precisam ser consideradas: não adiante ter uma deputada de excelência representando a cidade em Brasília e um louco treinando como prefeito no Paço. E agora?

EM TEMPO

Para você não pensar que esse levantamento dos 100 cabeças não é aqueles pesquisas compradas para destacar este ou aquele, remetemos o link onde está o trabalho minucioso do DIAP sobre aquilo considerado para apontam os bambambãs do Congresso.

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *