Política Serra SC

Correia Pinto: Pierre se apresenta à disputa

CENÁRIO É INDEFINIDO PARA A ELEIÇÃO 2020

Embora ainda não se tenha de forma clara a data da eleição deste ano, partidos seguem se estruturando para a disputa. Correia Pinto, por exemplo, tem um fato diferente de outros municípios. Pelo fato de ter assumido a presidência da Amures – cargo deixado pelo prefeito de Anita Garibaldi João Cidinei que pretende concorrer – o atual prefeito de Correia Pinto, advogado Celso Rogério Alves Ribeiro (PP), deixou claro que, embora possa, não irá à reeleição.

COM ISSO

Diante do sempre favorito no pleito – que é aquele que busca a reeleição – não estar no páreo, abre-se o cenário da disputa em Correia Pinto. A informação nova foi compartilhada pela assessoria do Cidadania. A sigla foi reativada no município. O ex-vereador Francisco Pierre Pereira Alves, que no passado era PDT, lidera agora o Cidadania, a sigla presidida pela deputada Carmen Zanotto.

PRÉ-CANDIDATURA

Além de Pierre, um grupo de 50 lideranças estão filiadas ao Cidadania em Correia Pinto. Com esse time que Pierre se coloca na condição de pré-candidato a prefeito, buscando costurar coligação para a disputa. Deve ter como adversário, se levar adiante o projeto, o MDB, além de um nome que virá do grupo que atualmente administra o município.

Pierre Pereira Alves com a deputada Carmen Zanotto encarando o desafio da disputa em Correia Pinto

NOMES EM CORREIA PINTO

Numa evidência da indefinição do cenário em Correia Pinto, há ainda focando a disputa nomes como de José Carlos Vargas Mariano (disputou em 2016 a vereador pelo DEM), do advogado Eder Mesquita, ex-prefeito Vânio Forster, o atual vice Casemiro de Liz (DEM), a ex-vereadora Neusete Maziero, além de Almir Bitencourt pelo PDT e o PSD liderado pelo sempre atento Oliveira Pires Burq.

MAIS NOMES

Além de Forster, o MDB tem os nomes das vereadoras Bia Mesquita e Lúcia Ortiz, como alternativas. E o PP que administra Correia Pinto com Celso Rogério não deve deixar de integrar uma majoritária. O vereador Josmar da Silva é uma possibilidade pelos progressistas.

Celso Rogério (máscara branca) não vai à reeleição em Correia Pinto, mas tem poder de decisão na hora de definir a composição onde estará o PP

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *