Política

Falta um ano para a propaganda eleitoral

17 de agosto 2020.

Na primeira segunda-feira pós feriado da padroeira em Lages começará a propaganda eleitoral da campanha a prefeito e vereadores. Estamos, portanto, a um ano do início da versão eletrônica da campanha que deve render muitos capítulos até se fecharem esses 12 meses que antecederão a corrida em busca de votos na rua, rádio e televisão.

ALGUMAS MUDANÇAS

É do domínio da maioria que não teremos coligações para vereadores. Cada partido lança os seus e chegarão aqueles mais votados, desde que a sigla faça o chamado quociente eleitoral. Mas as coligações para a majoritária estarão firmes, com siglas podendo se aglomerar em nome de um projeto.

PSL ‘SOLTEIRO’

Já sabemos, por exemplo, que o PSL anunciou quando do tsunami do ano passado, que a ideia é concorrer nos principais municípios – e, portanto, incluindo Lages, sem se coligar com nenhuma outra sigla.

POR CAUSA DISSO…

Provavelmente em decorrência dessa necessidade de demonstrar musculatura a essa altura, o PSL foi para a rua em Lages no sábado, no simbólico dia 17. Fez uma campanha de adesão e novas filiações na praça do Terminal. É verdade que o assunto ‘eleição’ está frio e o povo não está dando bola para o tema, mas as siglas que promovem essas iniciativas precisam se articular para não fazer fiasco na busca de adesões. Não há números das filiações de sábado, mas o PSL que é governo Estadual e Federal pode fazer bem mais…

Registre-se o positivo da ação é que pelo menos o PSL já foi para o trecho. Foi a primeira sigla a promover movimentação do gênero com vistas às eleições. E quem inicia a caminhada cedo…

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *