Política

Fim do voto secreto para cassação

Iniciativa dos vereadores Jair Júnior (PSD), Bruno Hartmann (PSDB), Amarildo Farias (PT), Ivanildo Pereira (PL), Lucas Neves (PP), Maurício Batalha (Cidadania) e Osni Freitas (PDT) sepultou a possibilidade de voto segredo em futuras deliberações sobre cassação de mandato de integrantes do legislativo. Foi uma emenda à Lei Orgânica de Lages que incluiu essa alteração pelo voto aberto.

AINDA A RESPEITO

Na referida emenda ficou mantido o quorum qualificado de 2/3 e a possibilidade de que a Mesa Diretora, qualquer vereador ou partido político representado na Câmara possam entrar com o processo, assegurada a indispensável ampla defesa.

Com a deliberação, não ocorre mais votação secreta em acontecendo processo de cassação de mandato parlamentar no âmbito do legislativo lageano

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *