Política

Bloqueados R$ 32.517.000,00 de Zeferino

ESCÂNDALO DOS RESPIRADORES SANGRA!

Deputado Bruno Souza (Novo) é o autor da ação que recebeu da Juíza Ana Luisa Schmidt Ramos da 1.ª Vara da Fazenda de Florianópolis a decisão em caráter liminar do bloqueio dos bens até o valor de R$ 32,5 milhões. É que o montante usado para pagar os respiradores que não chegaram é de R$ 33 milhões. Porém, um total de R$ 483.000,00 foi encontrado nas contas da empresa Veigamed.

ASSIM

Os valores bloqueados incluem bens e valores do Coronel Helton Zeferino que teria ordenado a transação suspeita e que está motivando toda essa celeuma em âmbito de Governo do Estado. Depois que Zeferino atribuiu ao secretário Douglas Borba a responsabilidade da transação, houve pedido na Alesc para que o titular da Casa Civil seja afastado do cargo. Por enquanto ele se sustenta na função. Governador Carlos Moisés tem aparecido bastante abatido nas lives que faz sobre o Covid-19.

Governador Carlos Moisés entre Douglas Borba e Helton Zeferino. O trio mais falado no noticiário sobre o pagamento estranhamente devereda de R$ 33 milhões por 200 respiradores que não foram entregues ao Estado…ainda!

TRECHO PUBLICADO NO

DC SOBRE O ASSUNTO

O despacho da Juíza Ana Luisa Schmidt Ramos aponta:

“O que se sabe até o momento é que, a despeito da ilegalidade no procedimento licitatório, ele, na condição de Secretário de Estado da Saúde, assinou a Dispensa de Licitação n. 754/2020, permitindo com isso que se contratasse a empresa Veigamed”.

‘FOI ELE E NÃO EU’

Em depoimento ao Gaeco, Helton Zeferino afirmou que o secretário de Estado da Casa Civil, Douglas Borba, teria indicado a Veigamed e pressionado por contrato. Douglas nega qualquer interferência no processo de aquisição dos equipamentos.

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *