Política

Lages 2020: Isso é propaganda antecipada?

Nem precisa relatar a quantidade de mensagens com alarmes sobre o conteúdo fixado na esquina das ruas Correia Pinto e Caetano Vieira da Costa (na frente do Bradesco), Centro de Lages. Trata-se de um material destacando o nome do empresário Dilmar Monarim e, ao lado, a marca do PSDB. Há quem visualize propaganda eleitoral antecipada, visto que Monarim é declarado pré-candidato a prefeito de Lages.

MAS NÃO É…

A propaganda eleitoral antecipada – até onde a gente sabe – caracteriza-se pelos conteúdos contidos na placa, mas com um adendo: o pedido explícito de votos. A vinculação do nome ao partido nessa exposição não se enquadraria como motivadora de infração à legislação eleitoral. Mas se Monarim queria com a estratégia chamar a atenção, conseguiu!

De longe se avista a referência fixada no imóvel que pertenceu (ou pertence) à família Lenzi

Pelo entendimento legal, salvo melhor juízo, o conteúdo dessa forma, desde que não haja pedido de voto – e o material não caracteriza esse pedido de votos de forma explícita – não representa propaganda eleitoral antecipada

EXEMPLO NESSA LINHA

Vereadores de Lages não fazem, mas em outras cidades é muito comum. Trata-se de out-doors com mensagens de vereadores fazendo agradecimentos diversos. Há uma exposição da imagem pelo cargo ocupado, mas sem pedir votos não haveria contrariedade à lei. Na Grande Florianópolis a adesão ao out-door é corriqueiro em períodos fora da campanha eleitoral. Até porque durante a campanha, out-door é proibido.

Compartilhe

3 comentários para: “Lages 2020: Isso é propaganda antecipada?”

  1. O imóvel sob referencia foi vendido pela Sra. Marlene Borges Duarte, sogra de Marcos Lenzi.

  2. Exemplo clássico de como deixar a cidade poluída e feia. Esta atitude mostra em quem não votar, quanto mau gosto!!!

  3. Já não tinha meu voto por ser um completo desconhecido da cidade. Às vésperas da eleição, resolve dar as caras para criar a popularidade que não adquiriu ao longo de vários anos atuando na política em Lages, por ser apenas um empresário do ramo imobiliário distante da realidade da cidade. Prega um positivismo barato com frases de efeito em suas redes sociais, em uma cidade onde a maioria da população aplaude qualquer m***a que a prefeitura faz e tem carências graves de cultura.
    E agora perdeu meu voto de vez provocando poluição visual em uma edificação histórica, apenas para se promover.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *