Política

Lages 2020: Sobrinho vai para o Cidadania?

Com atuação destacada no período que esteve vereador (ele é suplente na coligação onde está o DEM e o PT na Câmara de Lages), Sargento Sobrinho tem analisado cenários para a eleição deste ano em Lages. É pouco provável que permaneça no DEM, onde ficou como suplente. A aproximação demasiada desse partido ao Paço por causa das relações estaduais entre Kleinubing, Amin e Colombo, tende a colocar o suplente lageano em outras trincheiras políticas.

‘ESTAMOS ESTUDANDO’

No expediente político durante a permanência em Lages na sexta-feira, 14, deputada Carmen Zanotto recebeu Sargento Sobrinho para uma prosa. Na pauta assuntos diversos. Sobre a hipótese de adesão e filiação ao Cidadania, o suplente do DEM é cauteloso. “Estamos estudando”.

Registro da conversa do Sargento Sobrinho sobre assuntos diversos e até política com a deputada Carmen Zanotto

CIDADANIA É BOA ALTERNATIVA?

Pré-candidatos à Câmara analisam cenários sobre aquelas siglas com maior ou menor viabilidade eleitoral. Com o advento do fim das coligações, cada partido reúne seu grupo, lança candidaturas e os mais votados (um, dois, talvez três ou quatro) conquistam vaga na Câmara. No caso do Cidadania, por exemplo, caso o partido lance Carmen Zanotto à prefeitura – tudo se encaminha para isso – há tendência de emplacar de dois a quatro vereadores na Câmara. Sem uma candidatura majoritária, se eleger um é muito!

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *