Política

Lages: ADR não mudará nomes… até abril

Passada a tempestade que poderia até levar Raimundo Colombo a não renunciar ao cargo de governador no 6 de abril, o noticiário político se volta também para a sequência da transição que envolve PSD e MDB no Governo. Pelas informações levantadas, há um acordo tácito entre Colombo e Pinho Moreira para não promover mudanças nos cargos da ADR de Lages.

SÉRIO ISSO?

Sério!

Mas não haverá mudança nos cargos até a renúncia, 6 de abril. A partir desse dia, Pinho Moreira está livre para fazer a mudança que considerar necessária, inclusive substituindo nomes do PSD por correligionários do MDB. O governador Colombo mesmo nos disse que seria natural que Pinho colocasse pessoas da confiança dele (do MDB). E nesse sentido, as mudanças devem se concretizar dentro de 30 dias.

QUEM ASSUME A

ADR DE LAGES?

Há três nomes no cenário para assumir por 9 meses o comando da Agência em Lages. Todos do MDB. Se depender do ex-prefeito Elizeu Mattos, embora ele não faça pressão e nem torne a sugestão uma disputa, o nome para a ADR seria de alguém com perfil absolutamente técnico. Nesse caso Pedro Marcos Ortiz é o nome mais cotado.

MAS

Se a opção for pelo viés político, o MDB de Lages indicaria Hampel Vieira, atualmente atuando no DF. E há um terceiro nome que tem simpatia do MDB em Floripa, de onde partiu a sugestão, que é do advogado Fabrício Reichert. Um dos três deve comandar a ADR a partir de 9 de abril. E aquele que não for para a estrutura em Lages pode ser convidado para cargo em âmbito de Capital.

Pedro Marcos tem o perfil técnico e se constituiria numa alternativa do MDB para o comando da ADR a partir de abril

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *