Política

Lages: Quatro ou cinco trocam de partido

Está aberta a janela que permite a troca partidária sem incorrer na infidelidade. O prazo vai desta quinta-feira, 05, até a sexta-feira, 03 de abril. Nesse período, detentores de mandato podem migrar para outra sigla, sem medo de ser feliz. O que temos definido em Lages:

Jair Júnior deixa o PSD. Deve ir para o Podemos. Lucas Neves já deixou verbalmente o PP na sessão da terça-feira, 03. Deverá se filiar ao PSL.

 

SEM ESPAÇO, THIAGO MIGRA

Para afastar qualquer interpretação de ingratidão, Thiago Oliveira disse na Hora da Corneta da Clube FM, que troca de partido por falta de espaço no MDB. “O que eu nunca tive no MDB foi espaço. Dentro do partido o candidato a prefeito é o Elizeu Matos e isso mata qualquer projeto de quem quer disputar a eleição”.

E MAIS

Citou que para concorrer a deputado em 2018 precisou da ajuda do Diretório Estadual já que, em âmbito local o MDB queria Juarez Matos. “Não tem ingratidão. Tem busca de novos espaços. Respeito o MDB e suas lideranças, mas vou trilhar outro caminho”

Thiago Oliveira confirmou na Clube FM 98,3 que está deixando o MDB por falta de espaço para alçar outros projetos e que se dependesse do partido em Lages não conseguiria concorrer a deputado

 

DESQUITE DE SAMUKA COM O PSD

Fala-se que a úlcera que levou Samuel Ramos para o hospital foi o nervosismo decorrente da decisão. Ele anunciou – e agora não poderia mais desanunciar – que está abandonando o partido pelo qual se elegeu e construiu a carreira até agora e ingressando no DEM. A palavra mais branda utilizada pelos integrantes do PSD para se referir a ele é ingratidão. Embora o DEM, em âmbito de Estado, seja uma espécie de puxadinho do PSD e PP, inclusive porque o presidente da sigla em Santa Catarina (Kleinubing) trabalhe como assessor parlamentar do Senador Amin.

Samuel anunciou ingresso no DEM já que no PSD sente que não pode dar outros passos

 

BRUNO HARTMANN

PODE TROCAR O PSDB

Trocamos dois dedos de prosa com o vereador Bruno Hartmann (PSDB). Ele confirma que está analisando o cenário para deixar o ninho tucano. Não tem reclamação da sigla, mas não visualiza nominata e nem estrutura para manter o projeto de reeleição, considerando a nova regra que coloca fim às coligações à proporcional. Não é uma decisão tomada ainda, mas há tendência dele deixar o PSDB.

Bruno Hartmann, aqui com o pré-candidato a prefeito de Campo Belo do Sul pelo PSL, Guilherme Manfrói Peixe. O vereador do PSDB foi convidado inclusive para se filiar ao PSL. Pode trocar de partido, mas ainda está analisando cenários e circunstâncias.

***

SÓ HOJE, QUINTA-FEIRA:

EMPÓRIO DAS CARNES APRESENTA:

Não é aquela picanha de novilhas precoces criadas a pasto na Coxilha e que também tem no Empório. Mas o corte uruguaio acima tem sem valor. Aliás, tem valor bem em conta. Mas é somente nesta quinta-feira, dia 05!

Compartilhe

1 comentário para: “Lages: Quatro ou cinco trocam de partido”

  1. Os políticos precisam trocarem suas personalidades não somente de partidos, mudam de partidos mas a conduta pessoa continua a mesma, sempre no interesse próprio, isso em todos os níveis da politica

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *