Política

Mancada na pesquisa eleitoral em Lages

EMPRESA ERRA NOME DE CANDIDATO A PREFEITO

Se é algo que um processo eleitoral não pode é contar com o amadorismo de quem presta serviços. E isso ficou evidente na aplicação de uma pesquisa eleitoral por uma empresa de Joinville contratada por uma das coligações que disputam o pleito em Lages. A empresa simplesmente trocou o nome do candidato do Patriota, tratando-o como Antônio Amaral e não Airton Amaral.

BARBEIRAGEM EM LAGES

Como a relação de candidatos está na página de candidaturas do TSE, esse tipo de ‘engano’ não tem perdão. Escracha a falta de tato para tratar de um assunto tão sério quanto uma pesquisa eleitoral que, embora não possa ser divulgada (exceto se registrada e preencher os requisitos legais) mede o momento da disputa podendo, nos dados que apurar, ajudar ou prejudicar este ou aquele disputante. Se aplica um disco com nome de candidato que não existe, aquele alvo do ‘engano’ acaba sendo prejudicado.

A empresa ‘inventou’ um nome que não existe na disputa, trocando a identificação do candidato do Patriota. A assessoria de Airton Amaral já se reportou à empresa solicitando a correção até mesmo porque, mesmo o levantamento sendo encomendado por coligação diversa, precisa atender os requisitos de aplicação do questionário, principalmente diante de algo básico que é a identificação dos concorrentes.

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *