Política

Marcius no trecho com Carmen Zanotto

PARLAMENTAR NUMA ESTRATÉGIA QUE GOSTA: A CAMINHADA

Deputado Estadual acompanhou o roteiro da caminha da deputada Carmen Zanotto na busca de votos, peregrinando por alguns bairros no sábado. “Carmen e Samuel visitaram vários bairros, indo de casa em
casa para conhecer as necessidades da população, pedir voto e apoio”. É o que cita a assessoria da candidata.

TRIPÉ NOS BAIRROS

Naturalmente a estratégia é o pedido de voto in loco já que ‘conhecer as necessidades da população’ não carece, visto que o tripé daquilo que as pessoas precisam nos bairros do conhecimento de todos: infraestrutura (asfalto ou calçamento), atenção permanente na área da saúde e emprego.

Marcius arregaça as mangas na caminha com Carmen. Sem dúvida ele é excelente cabo eleitoral pelo histórico de soma de votos em Lages

FACA DE DOIS GUMES

PARA CARMEN ZANOTTO

Assessoria da deputada fez levantamento dos recursos destinados pela parlamentar à infraestrutura de Lages durante os mandatos. Faltam R$ 2.050,06 para fechar em R$ 5 milhões de recursos viabilizados pela deputada em emendas. Mas essa estratégia deixa mesmo o eleitor de Carmen Zanotto indeciso. Ora bolas, com tanto dinheiro despejado na cidade para obras, não serie imprudente retirá-la dessa missão do DF?

Como disse, é faca de dois gumes porque, se dá visibilidade a essa fortuna para ajudar Lages vem o pensamento da dúvida em recolhê-la do mandato. Mas se a equipe não divulgar, o eleitor pode pensar se houve ajuda para Lages nesse período como parlamentar. De fato, decisão difícil para interpretar, mas que caberá ao eleitor decidir!

SAMUEL RAMOS E A

REVOLUÇÃO DE CERON

No horário eleitoral da sexta-feira à noite o candidato a vice de Carmen Zanotto, o vereador Samuel Ramos disparou: “Lages não precisa de uma mudança, precisa de uma revolução”. Talvez pelo convívio com o atual prefeito, Samuel Ramos repetiu o mesmo tom da campanha do Gringo de 2016. Inclusive a mesma frase. Tanto é verdade que a gente conhece até ‘quem inventou os dizeres’.

Sempre destacando que Samuel tem se encaixado como um vice ideal: presente, atuante e agregador. É um vice leve que deve somar votos. Embora já tenhamos ouvido que o papel do vice é não perder votos.

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *