Política

Menos vereadores: Faltam duas assinaturas

Proponente do projeto para reduzir para 12 o número de vagas na Câmara, vereador Lucas Neves segue na batalha para conseguir seis assinaturas. Isso não significaria a redução, mas a entrada do projeto no legislativo que depende desse quantitativo de adesão para tramitar. Quando iniciou a cruzada era ele sozinho. Na quinta-feira, 07, Jair Júnior (PSD) aderiu, assinando a proposta. Nesta sexta-feira, 08, mais dois vereadores se somaram à iniciativa: Aida Hoffer (PSD) e Luiz Marin (PP).

Marin (esquerda) e Aida Hoffer se integram à proposta para que a Câmara tenha menos vereadores. Se der entrada nas comissões ainda haveria um longo caminho até a análise do projeto em plenário. Mas as assinaturas já se constituem um caminho nesse sentido.

CÂMARA GASTOU

R$ 763 MIL POR MÊS

Suplente de vereador Moisés Savian (PT), que assumiu por 60 dias ano passado, deixa claro que é contra a redução de representatividade, mas favorável à redução de gastos no legislativo. Ele mesmo fez um levantamento sobre quanto a Câmara gastou nos 12 meses do ano passado. No total foram R$ 9.167.145,34. Isso dá uma média mensal de R$ 763.928,77 nos diversos itens que integram o custeio. Houve inclusive um aumento de gastos na ordem de 7,6% se comparado ao ano anterior. “Acompanhar e pensar medidas para aumentar a eficiência do orçamento público é um dos desafios das lideranças políticas”, aponta Savian.

Savian (PT) na atuação legislativa em outubro do ano passado com o agora presidente da Câmara, vereador Vone (MDB)

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *