Política

Moisés no SCC SBT: ‘Nosso governo é exitoso’

HERANÇA DE R$ 1,2 BILHÃO PAGA. E OS R$ 33 MILHÕES?

Eleito sem apoio ou badalação da chamada grande imprensa, governador Carlos Moisés marca esses quase 18 meses de gestão sem muita exposição na mídia. Dá para contar nos dedos suas entrevistas, embora quando circula no interior do Estado não se negue a conversar com os colegas jornalista.

MAS

Moisés abriu espaço na sua agenda para receber a equipe do SBT Meio Dia – noticiário que tem se mantido em segundo lugar em audiência na Grande Floripa. Ele conversou com o jornalista âncora do SBT Meio Dia, Fernando Machado. Alguns trechos:

GESTÃO DE R$ 1,5 BILHÃO

“Nosso governo, é um governo exitoso. Saímos de um déficit público de R$ 1.200.000.000,00 (um bilhão e duzentos milhões de reais) para um superávit no final do primeiro ano de gestão (2019) de R$ 166 milhões. Nós temos um salto de gestão pública de quase 1 bilhão e meio de reais. Um bilhão e meio de reais! E disso as pessoas não falam, Fernando!”

AINDA DESSE R$ 1,5 BILHÃO

“Nós teríamos que estar falando muito desse um bilhão e meio de reais que conseguimos: – Como é que o senhor conseguiu, governador recuperar um bilhão e meio de reais na estrutura de governo de Santa Catarina?”

RESPIRADORES E

OS R$ 33 MILHÕES

“Nós pegamos R$ 33 milhões – que nós vamos recuperar! – e paramos nisso (nesse debate). Como diz o secretário Amândio da Casa Civil: – As pessoas se abraçaram, tiraram apenas uma foto do filme e ficaram presas a esse pedaço do filme (…)”.

“A WEG, uma empresa catarinense, nos apoiou, se reinventou. Estive visitando esta semana a WEG – foto acima -, observei que criaram peças que não existiam mais no mercado chinês para fornecer. E sem uma pecinha eles não terminavam o respirador. Eles fizeram por aqui.

MAIS DOS R$ 33 MILHÕES

“Veja, eu não sei quanto vale uma vida. Você sabe? Então nós estamos falando de R$ 33 milhões, nós vamos recuperar os R$ 33 milhões. Mas quanto vale uma vida? Olha o que está acontecendo nos Estados que demoraram a tomar decisão certa no momento certo. Olha o resultado com nossa taxa de letalidade, de mortalidade. Isso não tem preço”.

DÍVIDA DA SAÚDE

“O governo tem coisas muito mais exitosas. Além de termos pago a dívida da saúde… Imagina ter entrado em pandemia sem ter pago R$ 750 milhões dos governos que me antecederam, que foi uma dívida que herdei. Imagina ter entrado em pandemia (com essa dívida), como iríamos conversar com fornecedores? Quem iria querer propor venda para Santa catarina?”

Na entrevista ao SCC SBT, governador procurou passar otimismo em sua fala: “Santa Catarina tem o de melhor que é a sua gente, seu povo. É isso que temos que olhar. Nós temos que gerar esperança para as pessoas. Temos que olhar pra cima, olhar pra frente. Nós fizemos o certo para o enfrentamento”.

MENSAGEM AO CATARINENSE

“Nós somos exitosos. Quero falar com nosso telespectador, aquele que nos assiste. Quero dizer: você tem participação efetiva nisso. O catarinense educado, que acreditou no governo. O catarinense acredita no governador. Atendeu nossa demanda e mais: ele fez o que a gente pediu que fizesse de manter distanciamento, isolamento e o resultado é um resultado de colaboração entre as pessoas e o governo. Sem isso nós não teríamos sucesso nessa ação”.

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *