Política

Moisés: Defesa do segundo impeachment

SEGUNDO PEDIDO TRATA DOS RESPIRADORES DE R$ 33 MILHÕES

Lageano Juliano Chiodelli, que comanda a Secretaria da Casa Civil no governo Moisés, esteve pessoalmente acompanhando a entrega da defesa do governador em relação ao segundo pedido de impeachment que tramita na Alesc. Ao contrário do primeiro pedido que pode levar Moisés e Daniela a apear do cargo (relacionado a supostas irregularidades na concessão de equiparação a procuradores), esse segundo é bem mais robusto.

Chiodelli (esquerda) na missão ingrata de levar o conteúdo de defesa do governador Moisés à Alesc

DO QUE SE TRATA

A denúncia que pede o impeachment trata principalmente da compra dos 200 respiradores artificiais não entregues e da tentativa de contratação do hospital de campanha de Itajaí. Até amanhã, 01, a vice-governadora Daniela Reinehr, que também foi citada no pedido de impeachment, deverá apresentar a sua defesa.

SOBRE O SEGUNDO

A representação por crime de responsabilidade que deu origem a esse segundo pedido de impeachment foi apresentada em 10 de agosto por 16 pessoas, entre advogados, empresários e profissionais liberais, e recebida pela Presidência da Alesc no dia 3 de setembro, com base em recomendação da Procuradoria Jurídica da Casa.

TEOR DA DENÚNCIA

Na representação, o governador é responsabilizado pela compra dos 200 respiradores artificiais junto à empresa Veigamed, com o pagamento antecipado de R$ 33 milhões por equipamentos que nunca foram entregues. Para os denunciantes, Moisés, mesmo ciente do risco da fraude, “ordenou despesa não autorizada por lei e sem observância das prescrições cabíveis”.

A entrega da defesa foi feita por volta das 17h30 pelo advogado de Moisés, Marcos Probst, acompanhado do chefe da Casa Civil, Juliano Chiodelli, ao deputado Fabiano da Luz (PT), presidente da comissão especial do segundo impeachment. Governador se antecipou no protocolo de defesa já que teria até esta quarta-feira, 30, para a providência

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *