Política

ADR: Paes desmonta fake news sobre cargos

Correu boato aqui donde eu moro que ao acompanhar anúncio da instalação da segunda unidade da havan em Lages, presidente do MDB paroquiano, Luiz Ademar Paes não teria gostado de ponderações vindas contra o governador Pinho.

SOBRE O QUÊ HAME?

Especialmente aquelas relacionadas à redução de ICMS de 17% para 12% matematicamente difícil de explicar, visto que resultaria no aumento da arrecadação (a proposta foi derrubada na Alesc). Seguiu a conversa de que Paes iria deixar o ambiente onde testemunhara reclamações contra Pinho e solicitaria os cargos ocupados pelo PSD na ADR. E tal versão circulou na black web e pink web também.

MAS NÃO É NADA DISSO

Jornalista Luciano Mortari compartilha posicionamento de Luiz Ademar Paes. O presidente do MDB negou com veemência que tenha sido acometido de um chilique reclamativo contra o PSD. “De forma alguma isso ocorreu. Não faz  parte da minha índole e nem de qualquer integrante do MDB. Quem plantou essa informação o fez de forma equivocada e mal intencionada, afim de gerar mal estar dentro do MDB e do governo, bem como da boa relação de amizade que mantemos tanto com Colombo quanto com João Alberto”.

Paes nesse registro de arquivo com Maldaner e o Moro de Lages estaria focando assumir a SCGás. Mas tratou de desmontar aquilo ventilado de que teria feito beicinho com comentários relacionados a Pinho no universo de Lages

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *