Política

Carmen Zanotto quase foi e acabou ficando

Convém esclarecer bem essa manchete.

A deputada Carmen Zanotto, que preside o PPS em Santa Catarina, foi bastante assediada para que trocasse de partido. Houve convite do MDB, PSD e de vários outros. A surpresa na manhã de sábado foi a hipótese muito provável de que ela migraria para o PR, o partido de Jorginho Mello.

ENTRETANTO

No início da tarde do sábado, numa troca de mensagem que mantivemos com a parlamentar, ela informou que, apesar de vários convites continua ‘tudo normal’. O que significa que ela resistiu ao assédio para trocar de partido e, apesar de ter feito análises matemáticas para a reeleição, optou por seguir no PPS.

CARMEN ZANOTTO COMPARECE

EVENTO DO PSD DE COLOMBO

“Não estou aqui com vistas a qualquer aceno de coligação. Estou aqui como uma liderança para cumprimentar o governador Raimundo Colombo pelo mandato. Como eu há lideranças de várias outras siglas, nesse mesmo gesto”.

A parlamentar passou pelo evento do PSD na manhã do sábado para trocar um ‘upa’ com Colombo. Apenas gesto de boa vizinhança partidária. Por enquanto…

Carmen Zanotto na passagem pelo evento do PSD com o prefeito Ceron, deputado Antônio Aguiar e aquele que é apontado como possível mais votado do PSD à Alesc, Milton Hobus.

A parlamentar, numa prosa rápida com o colega de parlamento, Esperidião Amin. A conversa foi animada e com muitos gestos!

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *