Política

Repercute formação da CPI dos Aditivos

VEREADOR LUCAS FALA EM PERPLEXIDADE

Embora procure fazer pouco contato com a imprensa, optando pelo estilo de repercutir em rede social suas ações e opiniões, vereador Lucas Neves (PSL), disparou uma manifestação diante da postura do Presidente Vone de simplesmente nomear integrantes para a CPI dos Aditivos. “Recebi com perplexidade o ofício da presidência da Câmara indicando os membros da comissão”.

SEGUNDO LUCAS NEVES

“Em todas as outras CPI os líderes de cada partido puderam indicar seus representantes, o que garantia a plena participação democrática. Ao indicar os membros, sem consultar os líderes de cada partido, a presidência age de forma autoritária e anti-democrática, postura que repudio com veemência”.

MANOBRA?

Lucas Neves fala em manobra para atender pedidos do Executivo, “cujo objetivo foi garantir que o vereador Jair Júnior (Podemos), proponente da CPI, não participasse, tolhendo do vereador seu direito de investigar e fiscalizar possíveis irregularidades”.

Na qualidade de líder do PSL, Lucas Neves entende que caberia a ele e não ao presidente Vone definir quem do partido integraria a CPI. E assim, ao invés de Luiz Marin, que integra o PSL e foi escolhido pela presidência para integrar a Comissão, poderia ser outro vereador da sigla.

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *