Política

TSE não valida votos a João Rodrigues

João Rodrigues fez mais votos que Ricardo Guidi na disputa à Câmara Federal. Entretanto, a candidatura de Rodrigues estava sub judice e os votos não apareceram na apuração. Sua defesa entrou com recurso no TSE buscando exatamente esse reconhecimento. Entretanto, a pretensão bateu na trave. Por unanimidade os ministros do TSE mantiveram a inelegibilidade de Rodrigues e, por conta disso, não há reconhecimento aos votos obtidos.

1/3 DA VOTAÇÃO

Na eleição passada João Rodrigues acabou somando apenas 1/3 daqueles 221.000 votos que havia conquistado em 2014. Mesmo assim ficara a frente de Ricardo Guidi no mesmo PSD. Porém, com a decisão do TSE, a vaga segue do criciumense. Um último recurso se tentará reverter a decisão junto ao STF.

Deputado Guidi (segundo da direita para a esquerda) já bem aquerenciado nas peleias em Brasília se constituindo numa renovação do PSD na Câmara Federal

SOBRE JOÃO RODRIGUES

Consta que em não conseguindo reverter os votos considerados nulos, João Rodrigues partiria para outro desafio. Reconquistar a elegibilidade e disputar a prefeitura de Chapecó em 2020.

***

RESIDENCIAL MARIAH

COM OBRAS ADIANTADAS

Empreendimento da Terra Engenharia na subida do Petrópolis se constitui excelente opção de imóvel com padrão e qualidade. Visita a obra que tem plantão no local. Últimas unidades à venda!

Boa localização, financiável e com o padrão Terra Engenharia. Informe-se aqui!

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *