Política

Varejo dos ‘pedidos de informações’ ao Paço

Vereadores têm um instrumento importante para buscar esclarecimentos sobre situações que interessam à comunidade. Pedido de Informações torna compulsória a resposta do Executivo. Entretanto, carece de os vereadores não abusarem num varejo de pedidos. Vimos isso na primeira semana do retorno aos trabalhos legislativos em Lages.

PERTINENTE 

Há indagações pertinentes como busca de informações a respeito da implantação de capela mortuária dentro do Cemitério da Penha, Vereadores Vone Amarildo indagaram a respeito. Da mesma forma a busca de informações sobre a colocação de toldos (cobertura) em unidades de saúde nos bairros, que partiu a indagação do vereador Pedro Figueiredo. Vereador Osni Freitas faz uma indagação pertinente sobre isenções fiscais às empresas em Lages.

DESNECESSÁRIO

Como tem esses pedidos oportunos, há aqueles que soam até estranho. O próprio Osni Freitas com o vereador Ivanildo enviaram pedido de informações sobre o atraso da revitalização do Mercado Público. Também querem saber se há data para conclusão. Por certo eles sabem que a troca de governador para manutenção do convênio para custear a obra gerou o atraso. E a data da inauguração já foi divulgada, ali no apagar das luzes de junho deste ano.

Provavelmente o vereador Bugre (Osni Freitas) já tem as informações que ele indaga sobre o Mercado Público. Daí que pedidos de informações são pertinentes, desde que não seja sobre assuntos que todos já saibam.

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *