Serra SC

Anita: Prefeito e vice têm contas rejeitadas

CONTAS DE 2018 FORAM JULGADAS EM ANITA GARIBALDI

Soa meio estranho falar em contas rejeitadas de vice-prefeito. Mas foi o que aconteceu em Anita Garibaldi na sessão da Câmara realizada nesta terça-feira, 18. Ocorre que Tadeu Furtado (ex-MDB e atual PSD) assumiu como prefeito em 2018 entre agosto e dezembro, com o afastamento de João Cidinei (PL) do cargo. E assim, o vice acabou sendo arrolado pelo TCE/SC como corresponsável pelas inconstâncias nas contas prestadas.

DIANTE DISSO

Por 6 votos a 1 (com um vereador ausente e o presidente não votando), os vereadores de Anita Garibaldi acataram o parecer do Tribunal de Contas que veio com orientação pela rejeição das contas de 2018. Prefeito João Cidinei apresentou reconsideração dessa recomendação do TCE e pretendia que as contas não fossem julgadas na Câmara antes da resposta dos técnicos na apreciação de tal defesa. Mas como Câmara e TCE são autônomos em suas decisões, os vereadores fizeram o julgamento.

O QUE ISSO SIGNIFICA?

Pelo que discursou Tadeu Furtado, o vice-prefeito que iria concorrer a prefeito pelo PSD, por causa desse julgamento na Câmara ele provavelmente não disputará a eleição deste ano. Diferente de João Cidinei que, mesmo com essa rejeição que, lá na frente poderá causar-lhes complicações, deverá concorrer à reeleição. Ele tem reiterado que quem deve julgá-lo não é o TCE e nem os vereadores, mas a população de Anita Garibaldi. E nada melhor que as urnas para isso.

Sábado, dia 22, completam dois anos dessa sessão que afastou o prefeito de Anita Garibaldi da função. Lá em 2018 o vice Tadeu Furtado assumiu como prefeito. Dai agora na análise das contas daquele ano ambos, Tadeu e o prefeito João Cidinei tiveram as contas rejeitadas por recomendação do TCE e pelos vereadores de Anita

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *