Serra SC

Asfalto de Anita a Celso: Talvez um dia

Quinta-feira, 01 de agosto, está na agenda a assinatura do convênio entre o Estado e associações de municípios para que as prefeituras assumam a manutenção de estradas estaduais. Prefeitos assinam a parceria mais belo aceno de boa vontade com o governador Carlos Moisés que pelo interesse em si, visto que o receio – e também a certeza – é que o dinheiro a ser repassado será insuficiente para manter estradas estaduais em perfeitas condições de tráfego, mesmo que se chão batido.

EXEMPLO DE ANITA A CELSO

Porque o Estado sumiu da função de manter a rodovia estadual (um pedaço da SC-390) entre Anita Garibaldi e Celso Ramos, prefeito João Cidinei (PL), disse que se ficou obrigado a se atravessar na questão. “Colocamos as máquinas do município para manter o trecho até a divisa com Celso Ramos. Aquilo estava uma lástima. Claro que se as máquinas não estivessem ali, tocariam as nossas estradas municipais, porém ali recebe um fluxo de veículos dos nossos munícipes e não poderíamos ficar só assistindo eles passarem trabalho”.

Placa da rodovia em obras (à direita) inclusive com data de término do asfalto. Até agora não foi colocado um único metro de pavimento nos 25 km. Providência tem sido essa das máquinas da prefeitura de Anita tornar o traçado pelos ruim

E O ASFALTO NO TRECHO?

Esse pedaço da SC-390 entre Anita e Celso é o típico exemplo de obra com começo e nada além disso. A empresa Planaterra venceu a licitação, fez a terraplanagem e depois parou tudo por falta de dinheiro do Governo do Estado. Neste último dia de julho o prefeito João Cidinei esteve em reunião com o secretário de Infraestrutura, Coronel Carlos Hassler. Ele deixou bem claro: retomada do asfalto somente quando (e se) sair o empréstimo do Estado com o BNDES. “Significa um talvez para a obra. Mas quando não sabemos”, explica o prefeito de Anita.

Secretário Hassler com os deputados Berlanda (direita) e Carmen Zanotto na conversa com os prefeitos João Cidinei e Milena Becher (Vargem): Asfalto na SC-390 só quando vier empréstimo do BNDES

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *