Serra SC

São Joaquim: Mel e queijo sem fronteiras

Citamos mel e queijo, mas todos os produtos de origem animal agora podem correr o Brasil, a partir da adesão de São Joaquim ao SISBI – Sistema Brasileiro de Inspeção. Com esse passo, é possível a comercialização de produtos de origem animal em todo o território nacional. Essa abertura de mercado estimula as chamadas pequenas agroindústrias locais.

AINDA A RESPEITO

São Joaquim se enquadrou em diversos quesitos necessários para a adesão, através de uma auditoria. A certificação, além de dar garantias aos consumidores, aumenta a competitividade da produção e o desenvolvimento do setor.

CONQUISTA

Médico Veterinário da Secretaria de Agricultura, Claiton Martins Alves, aponta que isso é uma conquista. “Pois agora pequenas agroindústrias conseguirão alcance no âmbito nacional. Temos em nosso município excelentes produtores de queijos, mel e muitos outros produtos de origem animal. Isso acaba diversificando a propriedade rural, o que é de suma importância’’.

Engenheiro agrônomo Volney Ferreira Beckhauser, secretário de Agricultura e o médico veterinário, Claiton Martins Alves, apresentam o documento que dá essa distinção para a comercialização de produtos de origem animal em todo o Brasil

ENTENDA O QUE É O SISTEMA

Sistema Brasileiro de Inspeção de Produtos de Origem Animal (SISBI-POA), que faz parte do Sistema Unificado de Atenção a Sanidade Agropecuária (SUASA), padroniza e harmoniza os procedimentos de inspeção de produtos de origem animal para garantir a inocuidade e segurança alimentar. Para o município adquirir a autonomia em relação a esse tipo de inspeção, é necessário comprovar que tem condições de avaliar a qualidade e a inocuidade dos produtos de origem animal com a mesma eficiência do Ministério da Agricultura.

E São Joaquim fez isso!

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *