Serra SC

Palmeira precisou intervir na SC-114

Placas de sinalização escondidas, mato tomando conta do acostamento e invadindo a pista de rolamento. Situação que se resolve com uma providência básica de roçada nas rodovias estaduais.

MAS

Isso não tem acontecido nas estradas da Serra Catarinense. E não é caso isolado desta ou daquela rodovia. A impressão de abandono é comum em trechos a partir de Lages em direção à Serra do Rio do Rastro, passando por São Joaquim na SC-114 e na SC-390 na Região dos Lagos.

SOLUÇÃO EM PALMEIRA

Não que o município tenha recursos ou equipe à disposição para esse tipo de trabalho, mas o prefeito Sandro Masselai (PP) não viu outra alternativa no trecho da SC-114 que passa por Palmeira. Havia pontos onde a vegetação colocava em risco a vida de transeuntes, especialmente moradores de Palmeira. Daí a solução foi providenciar a roçada e limpeza.

A própria chegada ao município estava com placas escondidas e a vegetação se insinuando em direção à pista de rolamento

Além da roçada, houve limpeza de canaletas visando a ampliação da segurança e visibilidade. O prefeito Masselai admite que tem outras prioridades próprias do município, mas visualiza que não há como deixar que o município ‘fique escondido’ atrás do mato que toma conta da rodovia SC-114.

TROCA O GERENTE DO ‘DEINFRA’

Na verdade estamos em erro ao fazer referências ao Deinfra porque esse órgão foi extinto. Mas o gerente de Infraestrutura na Serra Catarinense – equivalente ao coordenador do Deinfra no passado – trocou em Lages. Saiu Ronaldo Cordeiro (porque optou pelo Aliança ao invés do PSL). E na semana passada foi nomeado para a função o engenheiro Marcos Vinícius de Morais, segundo informou o coordenador regional do PSL na Serra, Armando Göcks. Mas pelo jeito o engenheiro com segundo nome e sobrenome de gênio da música precisará usar da genialidade para dar uma ajeitada nas estradas estaduais da Serra.

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *