Serra SC

Verba aos municípios não é só à Covid-19

VALORES COMPENSAM PERDAS DEVIDO À PANDEMIA

Prefeitos da Serra Catarinense, um deles Luiz Carlos Xavier (Tio Ligas) de Otacílio Costa, observam uma informação que destoa da realidade contida aqui na página. Informávamos que aquela ajuda emergencial que está chegando em quatro parcelas, vinda do Governo Bolsonaro, destina-se exclusivamente para custeio de ações para prevenção e atendimento em decorrência da pandemia.

MAS A REALIDADE É OUTRA

Há no montante que chegará aos cofres municipais, um valor carimbado, específico para fazer frente a gastos em ações de combate e prevenção à Covid-19. Porém, há também valores que estão sendo liberados aos municípios para compensar as perdas apresentadas devido à pandemia. Nesse segundo caso não há uma destinação específica, podendo cada prefeito gastar naquelas frentes que ficaram descobertas devido ao enfrentamento da Covid-19.

Esses dados são da Fecam e evidenciam os aporte aos municípios da Serra Catarinense para ações da Covid-19 e compensação devido às perdas na receita em face da pandemia

EXEMPLO PRÁTICO DISSO

Nos meses de abril e maio, Otacílio Costa, que é a terceira maior economia da Serra Catarinense, deixou de arrecadar R$ 1.300.000,00 nas várias rubricas que compõem a receita. Tais perdas tendem a se manter agora em junho e meses seguintes. Daí que parte dessa ajuda federal vem para recompor parte dos estragos causados nas finanças municipais como reflexo da desaceleração da economia.

Todos os municípios, pequenos, médios e grandes, enfrentam a queda de receita devido à pandemia. Tio Ligas fez a contabilidade em Otacílio Costa onde em 60 dias foram R$ 1,3 milhão a menos. Lages teve uma queda média de 15% em abril e maio.

INCLUSIVE

Há casos de municípios que além da redução devido à pandemia, apresentam problemas na arrecadação em função da estiagem. É o caso de Anita Garibaldi, Campo Belo do Sul e municípios da chamada Região dos Lagos onde o aporte das usinas em retorno de royalties é o menor desde o surgimento dos empreendimentos na Serra Catarinense.

Compartilhe

1 comentário para: “Verba aos municípios não é só à Covid-19”

  1. Então , em OTACÍLIO COSTA,do dinheiro que veio serão investidos 67 mil entre saúde e assistência social? Realmente a situação é crítica, pois sobrará 33,500 mil para cada um. Agora é hora de investir no hospital, pois os casos só tendem a aumentar. Se houve uma queda da arrecadação de 1.309.658.84 sobraria ainda um milhão. Essa conta não bate!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *