Serra SC

Vereadores: Além da denúncia do MP

Colegas de imprensa têm noticiado o release sobre a denúncia do Ministério Público, através da Promotora de Justiça Ana Luisa de Miranda Bender Schlichiting, contra os dois vereadores mais votados de Urubici – Betinho Morgam e José Luiz Bolinha Andrade – por conta do transporte de cerveja em veículo oficial da Câmara. Porém, há desdobramento mais adiantado desse caso.

DENÚNCIA ACATADA

Promotoria entrou com dois tipos de ação contra os vereadores. Uma na esfera penal por peculado e outra por improbidade na esfera cível. O release do MP informa que as denúncias já foram recebidas. Mas sobre essas a gente ainda não viu esses desdobramentos no Judiciário.

MAS…

O que temos de novidade é o fato da Juíza Renata Pacheco Mendes ter acatado outro procedimento que foi aberto contra os vereadores. Trata-se do resultado do Inquérito Policial, onde a Polícia Civil também investigou e concluiu pelo indício de crimes.

Eis o despacho da Magistrada no sentido dos vereadores se manifestarem sobre aquilo contigo no referido Inquérito Policial transformado em denúncia

DEBOCHE DOS VEREADORES?

A Promotora de Justiça relata na peça em que protocolou no Judiciário de que os vereadores estariam dizendo em Urubici que, se tivesse que fazer de novo – o transporte de cerveja em carro oficial – o fariam. Eles disseram em depoimento na metade do ano que a bebida foi doação de um assessor de um Senador para a rainha do carnaval de Urubici, que é parente de um dos vereadores. Mas a Promotoria entende que essa postura do ‘fazer tudo de novo’ se constitui exemplo negativo para a população de Urubici, estimulando o descrédito da Justiça e a impunidade.

Assunto repercutiu no Estado e até nacionalmente, como mostra o print da reportagem feita pela NSCTV em janeiro deste ano

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *