Eleições 2018

Amaral não concorrerá mesmo a Estadual

Uma cirurgia no esôfago que o tem feito frequentar médicos regularmente nas últimas semanas e que lhe tiraria do trecho por uns 30 dias é o principal motivo que recolhe Roberto Amaral da disputa a uma vaga de Deputado Estadual. “Tenho ânimo e certeza no êxito do projeto do PSDB. Quero, estou e continuarei fazendo parte do processo, mas não como candidato”, aponta o empresário.

QUESTÃO DAS EMPRESAS

Roberto Amaral aponta que um segundo fator contribuiu para a decisão. “A situação do País está muito indefinida. E temos empresas com quase 300 colaboradores que precisamos cuidar. São 300 famílias ligadas a nós. Isso exige responsabilidade, tomadas de decisões e posicionamento”. Mas a recolhida do projeto a Estadual não significa desencanto com a política. “Continuaremos atentos e atuando. Insisto que o PSDB tem um papel de protagonista no processo eleitoral”.

‘O CARA É O BRUNO’

Segundo Roberto Amaral, que conduz o PSDB em âmbito de Lages e Serra Catarinense, o partido não fica desguarnecido de um nome com excelente apelo para a disputa. “O Bruno Hartmann é o cara para encarar esse desafio. Ele tem um excelente trabalho ligado à causa animal e pode contribuir no parlamento para a representatividade de Lages e da Serra”.

Amaral aqui com Napoleão Bernardes: Recolhimento da candidatura, mas firme na militância e articulação pelo PSDB

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *