Serra SC

Infracea há 3 semanas opera aeroporto

EMPRESA FAZ GESTÃO DO AEROPORTO EM CORREIA PINTO

Jornalista Vantuir Rech, naquele ritual de produção de conteúdo para a Clube FM 98,3 esteve no aeroporto regional do Planalto Serrano, estrutura localizada na localidade de Águas Sulfurosas em Correia Pinto. Para a audiência da emissora ele dialogou com João Volcov Júnior, profissional com oito anos de experiência na área e que responde como Supervisor de Operações da Infracea nessa empreitada aqui na Serra Catarinense.

AS INFORMAÇÕES

Segundo os relatos de Volcov à Clube FM, há uma série de providências em andamento, desde que a Infracea assumiu a tarefa de gestão da estrutura no dia 19 de julho (a empresa venceu licitação para isso). A estrutura já recebe pousos particulares e um dos passos seguintes será viabilizar posto de abastecimento para aeronave, assim como a disponibilização do local para possíveis operações futuras de linhas comerciais.

João Volcov Júnior sobre a estrutura em Correia Pinto: “A gente está aqui já aguardando movimentações, sejam elas de aeronaves executivas, seja futuramente de aeronaves comerciais. Mas sim, o aeroporto já é uma realidade”.

Equipe da Infracea que já atua no aeroporto regional em Correia Pinto. A empresa opera em pelo menos outros oito aeroportos pelo Brasil, com larga experiência e conhecimento da área.

Fotos e informações: Vantuir Rech (Central de Conteúdo Clube FM)

***

MIRANTE DA BOA VISTA:

MORAR BEM E PAGAR FÁCIL:

90% DO IMÓVEL FINANCIÁVEL

As condições de financiamento das unidades remanescentes no Mirante da Boa Vista você pode financiar em até 90% do valor. Informe-se porque a melhor visão de Lages pode ser também o seu melhor investimento!

Registro de Incorporação R3/39.142. 

Informações: contato@terraimoveisltda.com.br

WhatsApp: (49) 99149 2327

Compartilhe
Continue Reading
Evento

10.08: Moisés tem agenda cheia em Lages

A MAIS IMPORTANTE É A NOVA ALA DO TEREZA RAMOS

Em fevereiro deste ano o governador Moisés declarou em Lages que no dia 14 de agosto entraria em funcionamento a nova ala do Hospital Tereza Ramos. Nesta segunda-feira, 10, quatro dias antes da data estipulada, o governador cumpre agenda em Lages. O mais importante dos atos é o início da operação da nova ala.

PROVIDÊNCIAS ANTECIPADAS

Antes de chegarmos a esse dia 10 de agosto, houve providências relacionadas à instalação do sistema de oxigênio para atender a estrutura (e os pacientes), além de vistorias e obras complementares que permitiram que o espaço seja aberto à comunidade. De todas as ações a mais importante foi a viabilização de recursos humanos (médicos, enfermeiros e técnicos) para atuar na nova ala, visto que não teria como aquela estrutura atender sem os respectivos profissionais.

Em caráter oficial essa será a terceira agenda do governador Moisés em Lages nesses quase 30 meses de governo

Seguindo os protocolos de segurança devido à Covid-19, governador Moisés estará na tarde de segunda-feira, 10, entregando essa estrutura à comunidade. São 28 leitos de UTI e outros espaços de atendimento e internamento, obra que já deveria estar funcionando há tempos, mas que devido a algumas pendências houve atraso na disponibilização à comunidade.

Compartilhe
Continue Reading
Obras

10.08: Rodovias na Agenda de Moisés

TRÊS RODOVIAS TÊM NOVIDADES NESTA SEGUNDA-FEIRA, 10

ANITA GARIBALDI A CELSO RAMOS

Embora todas as obras rodoviárias sejam importantes e necessárias, a mais urgente das demandas da Serra Catarinense é a retomada da obra que irá asfaltar 25 km entre Anita Garibaldi e Celso Ramos. O trecho é precário, causando uma série de inconvenientes às comunidades que precisam e dependem do trecho. Na agenda do governador Moisés desta segunda-feira, 10, em Lages, está inserido o anúncio da retomada dessa obra.

As obras paralisaram em 2017 e a empresa Planaterra (vencedora da licitação) retirou o maquinário do trecho. O projeto foi pago pelas usinas hidrelétricas da Região dos Lagos e em alguns trechos já houve até terraplanagem. Mas tudo parou por causa da falta de dinheiro.

OTACÍLIO COSTA A BR-470

A revitalização da SC-114 entre o Trevo de Índios (BR-282) e o perímetro urbano de Otacílio Costa é uma das obras mais importantes da Serra Catarinense em termos rodoviários. O trecho foi executado à base de concreto. Porém, a sequência dessa rodovia, ainda em Otacílio Costa tem pavimento antigo. Nesta segunda-feira, 10, governador Moisés lança o edital de licitação para revitalizar o trecho a partir de Otacílio Costa até a BR-470.

A revitalização da SC-114 nessa nova etapa, contemplará o trecho que atravessa a área urbana de Otacílio Costa. Daí a importância das lideranças otacilienses ficarem de olho no projeto para incluir vias marginais e/ou terceiras faixas nesse trecho urbano, pensando na segurança a partir do tráfego intenso existente.

 

SERRA DO CORVO BRANCO

Ainda está na agenda, na parte relacionada às obras de infraestrutura rodoviária, o lançamento do edital para contratar a empresa responsável pela execução da obra da Serra do Corvo Branco.

QUE OBRA É ESSA?

Pelo que a gente conhece do trecho que atravessa a Serra do Corvo Branco, há 5 km de chão batido antes de chegar, para quem se desloca de Urubici. Há ainda o traçado que corta a montanha e mais uns 4 km no pé da Serra já em Grão Pará. É uma das obras mais emblemáticas da região porque vai exigir técnica de engenharia muito apurada para fazer contenções e intervenções, quando do asfaltamento.

A travessia recebeu reparos (umas tapeadas). Mas a pavimentação em si vai requer técnicas de engenharia adequadas para contenções e intervenções nesses 3 a 4 km do corte na montanha, por onde passa a Serra.

Compartilhe
Continue Reading
Cotidiano

Obras: Nem toda crítica tem fundamento

PRESSA EM CRITICAR MOSTRA DESCONHECIMENTO

Porque a rede social permitiu que pessoas que nunca colocaram um tijolo em cima do outro emitam opiniões como se engenheiros fossem, no primeiro semestre não faltaram disparos sobre inconsistências na mobilidade enquanto se executava a revitalização da Praça da Catedral. “Esqueceram do acesso de cadeirantes”. Esse foi um dos disparos dos críticos, que não se deram ao trabalho se quer de perguntar antes de contrariar.

A mobilidade está garantida com essa travessia elevada, garantindo segurança e acesso entre o largo da Catedral e a praça da frente da igreja…

O lado logo abaixo da praça em direção à Rua Nereu Ramos recebeu o mesmo sistema de acessibilidade, assim como haverá tal providência nas laterais da praça

Se os ‘criticadores’ tivessem esperado a sequência normal da obra teriam economizado nas palavras e na queima de neurônios

E NÃO É SÓ ALI…

Nesta semana também circulou nas redes sociais o olhar de ‘heingenheiro’ de um vivente questionando a calçada do revitalizado Calçadão Túlio Fiúza. O ‘heingenheiro’ queria saber como portadores de necessidades iriam vencer a ignorância da obra executada erradamente. Mas o erro foi do opinante, visto que as peças são de alerta e não de direcionamento daqueles que utilizam a calçada.

Apesar do berreiro, neste caso não tem erro. Mas tem ‘heingenheiro’ que opina incorreção nessa situação

Compartilhe
Continue Reading
Economia

SC registra aumento na arrecadação

INCREMENTO OCORRE APÓS 4 MESES DE QUEDA

Sindifisco – que representa fiscais que atuam na Secretaria da Fazenda do Estado – apresenta dados sobre o aumento da arrecadação em Santa Catarina no mês de julho, depois de quatro meses (março a junho) de queda. Houve um incremento de 8% na arrecadação se considerados os R$ 2,36 bilhões que entraram nos cofres em julho, comparado ao mesmo período do ano passado.

SETORES QUE BOMBARAM

Aponta a informação do Sindifisco que as redes de varejo com 70,4% de aumento nas vendas e lojas de materiais de construção com 50,4% foram os principais setores responsáveis pelo incremento dos 8% na média. Se o varejo vendeu mais porque o consumidor ficou recolhido de março a junho, o motivo do incremento na linha de materiais de construção difere daquilo que aponta o Sindifisco.

CICLONE IMPULSIONA

De acordo com Carlos Eduardo Abdom, coordenador do Grupo Especialista Setorial responsável pelo monitoramento fiscal do segmento de material de construção, houve uma corrida às lojas do ramo em função do início ou retomada de obras residenciais e corporativas.

Abdom ignora que a corrida às lojas de materiais de construção em julho ocorreu, em grande parte, por causa do ciclone que atingiu o Estado no dia 30 de junho. O fenômeno foi considerado mais devastador que o próprio Ciclone Catarina de 2004. E a procura por material de construção para reconstruções diversas foi intensa, impulsionando esse setor.

CONTRASTE NOS SETORES

Pelos dados do Sindifisco, o mercado de automóveis apresentam uma queda brusca se comparado a julho do ano passado. Houve uma retração de 33,5% nas vendas. Mas se comparar julho de 2019 e de 2020 houve arrecadação maior em setores como transportes (18,2%), Supermercados (12,9%), Combustíveis (12,7%), Agroindústria (11,2%), Medicamentos (10,6%), Bebidas (10,2%) e Têxtil (7,6%).

Com dados da Assessoria de Comunicação do Sindifisco/SC

Compartilhe
Continue Reading
Economia

Azul longe de Lages: Era até junho, mas…

LAGES SEGUE FORA DA ROTA DA AZUL LINHAS AÉREAS

Lembram da notícia abaixo repercutida em âmbito de Lages e também na imprensa estadual? Era o reposicionamento da Companhia Azul Linhas Aéreas devido aos reflexo da pandemia no setor aéreo…

A informação acima não está errada. A previsão é de que Lages ficasse sem ligação aérea através da operação de uma companhia do porte da Azul até a virada de semestre deste ano. Mas o semestre virou, julho passou, estamos em agosto e chegam as informações da Azul sobre o planejamento para setembro.

E QUANDO ENTRAR SETEMBRO…

“Puxando a retomada gradual e segura do serviço aéreo no país, a melhor companhia aérea do mundo, segundo ranking do Tripadvisor, deve ofertar 407 voos por dia para 88 destinos no Brasil e no exterior a partir de setembro”. Aparecem os novos destinos a serem operados, mas nada de Lages entrar no radar da Azul.

SIGNIFICA, PORTANTO…

Significa que a Serra Catarinense segue sem o voo regular que era feito inicialmente até Campinas e, depois, passou a ligar Lages a Curitiba. Desde março, nem uma coisa e nem outra.

Registre-se que o recuo da Azul em operar a partir de Lages não se deve à procura, visto que nenhum voo decolava da cidade com menos de 70% de ocupação, índice absolutamente satisfatório para os padrões do mercado

Compartilhe
Continue Reading