Política

Ceron dá o tom do que pautará campanha

PRÉ-CANDIDATO À REELEIÇÃO, O GRINGO FALOU À CLUBE FM

Por causa do calendário eleitoral, esta é a última semana que prefeitos podem dar entrevistas falando sobre a gestão. Por causa disso a Rádio Clube FM 98,3 convidou o prefeito Ceron para um breve relato das ações, oportunidade em que falou também da pandemia e sobre o processo eleitoral, para o qual ele é pré-candidato à reeleição. Algumas partes da manifestação do prefeito de Lages:

INSANIDADE DA ELEIÇÃO

Por causa da pandemia e esse cenário indefinido, inclusive em relação ao método da campanha eleitoral, Ceron aponta que é “uma insanidade se fazer eleição na data definida”. Acredita inclusive que a votação poderá ficar para dezembro, devido a esse cenário preocupante em relação à Covid-19.

R$ 117 MILHÕES DE DÍVIDAS

Quando assumiu esse foi o montante apurado de dívidas “dos últimos 251 anos de Lages”. Indagado como estaria esse débito, Ceron observou que nesse montante não estavam os R$ 20 milhões pagos em precatórios e cerca de R$ 70 milhões que precisou aportar para pagar pensões e aposentadorias do LagesPrevi. E disse que mesmo com o financiamento do Finisa de R$ 50 milhões, a prefeitura tem menos da metade daquela dívida herdada.

SOBRE A OPOSIÇÃO

Ceron demonstra leveza ao falar da relação com a oposição. Altera o tom quando se refere ao que chama de mentiras, como do caso da rejeição de suas contas ventilada pela oposição na Câmara. “Foram aprovadas no plenário do TCE”. Sobre experiência em gestão cita que tem calo nas mãos de trabalhar, enquanto um ou outro da oposição tem calo na língua de tanto falar.

TAMBÉM COM O DEM

Sobre a engenharia de siglas para possível coligação majoritária, observou o jargão de que time que está vencendo não se mexe, para confirmar a tendência de manter a dobradinha com o PP e agregar PRB, PSB e até o Democratas do vereador Samuel Ramos. Nem o MDB está fora de cogitação para uma composição. Ceron disse que respeita a decisão do PSDB de ter candidato (Monarim) e que só não há diálogo com aquelas siglas que já se colocaram com candidaturas.

PROMESSA DE CAMPANHA

Foi indagado ao prefeito sobre onde estava com a cabeça quando prometeu visitar os postinhos (UBS) todos os dias. Observou que fez isso porque sempre foi seu comportamento de passar pelas filiais da empresa que administrava logo pela manhã. E que cumpriu essa visitação nas UBS até que a tecnologia trouxe os postinhos até ele, através da possibilidade de conferir tudo em tempo real de forma virtual.

‘NENHUM MAIS QUE EU…’

Ao relacionar obras e ações, Ceron chega a desafiar apontando que nenhum outro prefeito de Lages fez tanto quanto ele. Faz reconhecimento à ajuda dos governos federal e estadual, mas observa que se não fosse a gestão obras como da UPA além de não sair, ainda teria que ser devolvido R$ 1,5 milhão.

PRIORIDADE DAS PRIORIDADES

Na fala à Rádio Clube FM, Ceron observou que o grande gargalo em Lages é na área de infraestrutura. Indagado se asfaltaria todas as ruas onde passa ônibus citou que precisaria de 10 mandatos para isso. E que, se obtiver êxito na reeleição (ele é pré), a prioridade 01, 02, 03, 04, 05, 06, 07, 08… será a pavimentação de vias.

CARMEN ZANOTTO CANDIDATA

“É um direito legítimo dela que tem que ser respeitado. Claro que numa decisão assim há perdas e ganhos”, citou numa referência ao mandato de Federal que a deputada exerce.

Ceron reafirma a condição de pré-candidato à reeleição e garante que nenhum prefeito fez mais em Lages quanto aquilo que colocou em prática

Compartilhe
Continue Reading
Economia

Comércio de Lages pode abrir no feriado

LOJAS PODEM ABRIR NO SÁBADO ATÉ ÀS 14H

Lages possui um único feriado municipal: 15 de agosto. É o dia consagrado à padroeira do município, Nossa Senhora dos Prazeres das Lajens. Pelo advento da pandemia e o fato da data cair no sábado, foi confirmada a possibilidade dos lojistas do comércio tradicional manterem expediente até às 14 horas do sábado, apesar do feriado.

RELAÇÃO TRABALHISTA

Havia informado sobre a possibilidade do comerciante lançar mão do banco de horas em relação ao expediente deste sábado. Mas incorremos em erro. E assim corrigimos para informar corretamente. A MP que previa essa hipótese de utilizar o banco de horas não está mais em vigor. Os empregados que trabalharem no feriado, conforme o acordo celebrado entre Sindicato do Comércio Varejista (patronal) e Sindicato dos Comerciários, terão direito à remuneração de hora extra com 100%.

CDL NÃO DEFINE NADA

Temos cometido um equívoco ao informarmos que essa definição de horários diferenciados é um encaminhamento da CDL. Isso não procede. A referida entidade tem participação nessas decisões apenas em caráter opinativo, pelo fato de ser entidade parceira dos sindicatos que são os responsáveis por tabular esses acordos.

ASSIM

Sempre que houver relação de trabalho diferenciada, como no caso do expediente durante o feriado, a decisão compete ao Sindicato Patronal do Comércio Varejista, presidido por Célio Spagnoli e o Sindicato dos Comerciários que tem no comando Elói Bassin. A CDL, como dissemos, somente opina, mas não decide. Também de se observar que a fixação de horários é de competência do município no sentido de ampliar ou liminar. Os sindicatos regulam a relação de trabalho. Tudo de forma harmoniosa, com cada um na sua atribuição, como tem que ser.

Naturalmente que a abertura do comércio no sábado de feriado ocorre com clientes e colaboradores mantendo essa consciência de prevenção à Covid-19

***

FERIADO COMBINA COM CHURRASCO:

CARNE NOBRE DA COXILHA RICA

NO EMPÓRIO DAS CARNES

Chegou ao Empório das Carnes o abate da semana para atender a clientela mais exigente quando o assunto é carne de qualidade. São novilhas da cruza de raças britânicas Hereford x Angus, criadas somente a pasto na Cabanha do Cedro na Coxilha Rica.

A graxa amarela caracteriza esse tipo de carne de animais criados a pasto, com manuseio no abate atendo todas as exigências sanitárias trazendo como resultado a melhor carne no mercado de Lages. Confira e adquira no Empório das Carnes na Avenida Carahá porque é indispensável a segurança quando o assunto é adquirir produto com procedência para você e sua família.

Compartilhe
Continue Reading
Cotidiano

Óbitos colocam a Serra em risco gravíssimo

SÃO 34 MORTES EM LAGES E OUTRAS 17 NA AMURES

Secretário Claiton Camargo de Souza que comanda a área da Saúde de Lages observou em rede social que nem quando a ocupação de UTI chegou a 100% houve alteração da classificação de risco na Serra Catarinense para gravíssimo. Porém, a situação muda agora devido ao elevado número de óbitos cujos pacientes foram diagnosticados com Covid-19. Esse novo status atribuído pelo Governo do Estado à Serra Catarinense admite possibilidade de algumas medidas mais restritivas.

Aquela cor indesejada no mapa devido a alteração do risco potencial de transmissão e letalidade da Covid-19

OS DADOS QUE LEVARAM AO RISCO GRAVÍSSIMO

Apesar de termos 1.301 pacientes recuperados da Covid-19 em Lages, há outros 587 em isolamento domiciliar e mais 69 pessoas internadas, sendo 43 delas aqui da cidade e outras da região. Devemos atravessar a barreira dos 2 mil casos entre hoje e amanhã, visto que o boletim da quarta-feira indicou 1.951 diagnósticos positivos. E o dado ainda mais preocupante é sobre o registro de outros dois óbitos em Lages, chegando a 34 pessoas que perderam a vida por causa da Covid-19. Há ainda outras 17 vítimas fatais nos municípios da Amures, chegando aos 51 óbitos.

SEIS SEMANAS: 34 ÓBITOS

Lages demorou a registrar óbitos. Por coincidência, à medida que houve reforço no atendimento de UTI, com a chegada daqueles respiradores enviados pelo Estado, passamos a contabilizar lamentáveis mortes. A primeira foi no dia 6 de julho e, de lá para cá, menos de seis semanas, já temos 34 famílias de luto pela perda de um familiar.

O gráfico do aumento de casos na Serra Catarinense que dispararam a partir 125.º dia da gestão da pandemia

O QUE ACONTECE COM ESSA

NOVA CLASSIFICAÇÃO PARA A SERRA?

A resposta a essa indagação não é absoluta. Dependerá muito de vários fatores, mas nas questões mais agravadas há hipótese até de lockdown. E haverá uma série de providências que podem ser adotadas, antes de tal medida extrema.

As prioridades apontadas pelo protocolo da Secretaria de Estado é o reforço nas medidas de isolamento social e isolamento de casos, para evitar ou reduzir a transmissão comunitária. Testagem e ampliação de leitos também integram as providências sugeridas com essa classificação.

Assessoria da Amures compartilha o gráfico acima que dá ideia do número de casos nos 18 municípios e do aumento registrado no período de 22 dias. Esses dados são de ontem, dia 12. Nesta quinta-feira, 13, já há atualizações. Correia Pinto chegou a 203 casos e Lages a 1.951.

Urupema, retratada nessa foto da MSM Imagens Aéreas, é a única cidade catarinense que não possui nenhum caso de Covid-19

Compartilhe
Continue Reading
Economia

Vendas no comércio aumentam 22% em SC

APESAR DA PANDEMIA O SETOR REAGE

Nesse mar de más notícias que navegamos durante essa pandemia, uma informação positiva dá aquele ânimo de que existe vida econômica apesar do isolamento e das restrições. E essa notícia positiva vem de forma oficial a partir da Pesquisa Mensal de Comércio que o IBGE realiza em todo o Brasil, medindo o comportamento do consumidor quando vai às compras.

OS DADOS DE SC

De acordo com a referida pesquisa do IBGE, no mês de junho Santa Catarina apresentou um crescimento no volume de vendas do comércio varejista na ordem de 22,2% em relação a maio. É o dobro do aumento em âmbito nacional que chegou a 12,6%. E olha que segundo o mesmo levantamento do IBGE, no mês de maio – com a abertura do comércio depois da quarentena de abril – Santa Catarina já havia contabilizado 23,3% de aumento nas vendas se comparado ao mesmo período do ano passado.

ONDE ESTÃO OS MAIORES

AUMENTOS NAS VENDAS?

Quando comparado com junho de 2019, os maiores destaques nesse crescimento do sexto mês de 2020 se constituem os 23,4% das vendas dos super e hipermercados. Ainda os 33% de aumento nas vendas do varejo de móveis e eletrodomésticos. Já veículos, motos e peças apresentaram uma elevação de 51,5% nas vendas se comparados os dados deste ano e de 2019. Houve ainda aumento de 18% nas vendas de materiais de construção.

Esse incremento de vendas foi registrado em todas as principais cidades de SC

***

MIRANTE DA BOA VISTA:

MORAR BEM E PAGAR FÁCIL:

90% DO IMÓVEL FINANCIÁVEL

As condições de financiamento das unidades remanescentes no Mirante da Boa Vista você pode financiar em até 90% do valor. Informe-se porque a melhor visão de Lages pode ser também o seu melhor investimento!

Registro de Incorporação R3/39.142. 

Informações: contato@terraimoveisltda.com.br

WhatsApp: (49) 99149 2327

 

Compartilhe
Continue Reading
Política

PSL talvez com chapa pura em Lages?

TODOS OS CENÁRIOS SÃO POSSÍVEIS A ESSAS ALTURAS

Um dos principais empresários de Lages deu o recado a Lucas Neves: – Se tiver dobradinha com Jair Júnior esqueça meu apoio! Não por isso, até porque Jair Júnior se coloca como pré-candidato a prefeito e não vice, mas o PSL poderá optar por uma dobradinha pura na disputa. Lucas Neves teria de dentro da bancada da Câmara um nome para a peleia com ele.

QUEM SERÁ QUE SERIA?

Estaria entre Bruno Hartmann e Luís Marin o escalável para uma eventual chapa sem misturança. Trata-se de uma hipótese pouco provável até devido a necessidade de agregar parceiros que ajudem puxar votos, mas faltando 35 dias para terminar o prazo de fechamento de coligações e definição de candidaturas tudo caminha nessa indefinição de caminhos.

– Daí a gente não consideraria a idade como critério para definir o cabeça de chapa, numa eventual dobradinha nossa, vereador Marin. Vamos definir como critério a ordem alfabética do nome, o que acha?

Compartilhe
Continue Reading
Cotidiano

Ainda a praça revitalizada da Catedral

OBRA FOI CONCLUÍDA E FEITA ENTREGA DE FORMA VIRTUAL

Se você tiver oportunidade acesse as redes sociais oficiais da Prefeitura de Lages e confira – antes que seja retirado do ar por causa do calendário eleitoral – a produção feita resgatando um pouco da história e contrastando o passado com os dias de agora em relação à Praça João Ribeiro, ali na frente da Catedral.

ENTÃO

O conteúdo do vídeo mescla o saudosismo, com manifestações importantes e a virada de página com a revitalização do lugar. Prefeito Ceron chega a apontar que a história de Lages começa naquela praça (acredito que a história da cidade começou no Tanque). Mas a produção do vídeo ficou excelente e a altura da nova praça.

MANIFESTAÇÕES INTERESSANTES

Foi de uma sensibilidade significativa aquele que teve a ideia de ouvir o professor, engenheiro e arquiteto João Argon Preto de Oliveira. Ele foi o profissional responsável pela concepção do monumento a Getúlio Vargas. O próprio João Preto relata que fora ouvido pelo prefeito Ceron sobre a ideia de retirar o monumento da frente da Catedral, mas mantendo na praça. “Eu aprovei”.

Professor João Preto, Engenheiro e Arquiteto, ouvido sobre as mudanças e se manifestando depois que essas foram feitas

O monumento ficou resguardado no lado esquerdo da praça e abriu espaço para visualização melhor da Catedral

Figura sempre carismática, Dom Guilherme também falou sobre a revitalização, destacando essa indispensável interação entre praça e igreja, especialmente quando se fala de um monumento que reverencia e marca uma das mais antigas dioceses do Sul do Brasil

SOBRE A OBRA

O espaço físico está maior, são mais de 3 mil metros quadrados de área. As antigas calçadas foram retiradas e refeitas com pedra basalto. Estão à disposição seis bancos e quatro mesas de jogos. O semáforo da Rua Nereu Ramos teve sua posição alterada para deixar a visão livre e total da Catedral Diocesana. No centro da praça, uma obra de arte: um mosaico com pedras basálticas e recortes artísticos representa a figura de um Pinheiro Araucária e um sol. Além das árvores mantidas, foram plantadas mudas de ipê, cereja e ariticum.

Compartilhe
Continue Reading
Política

Lages: Maldaner quer protagonismo do MDB

PRESIDENTE ESTADUAL DO MDB FALA EM MAJORITÁRIA

Deputado Celso Maldaner bate ponto em Lages nesta quarta-feira, 12. Passagem pela cidade foca medir a temperatura do processo eleitoral, faltando pouco mais de 90 dias para o lageano ir às urnas. Talvez por desconhecimento, talvez por otimismo, Maldaner fala que o MDB tem nome em Lages para concorrer. Não antecipa de quem se trata porque, na verdade, o partido não tem nome.

CONJECTURAS

Nesse deserto de nomes do MDB em Lages, houve até quem incentivasse a ideia do ex-prefeito Elizeu Matos retornar ao cenário, inclusive numa disputa. Mas a realidade jurídica o mantém recolhido, podendo, no máximo estar articulando o time para lançar boa nominata de vereadores e tentando escalar um vice para uma composição.

O QUE PENSA O EX-PREFEITO

Recolhemos impressões distintas em contados durante momentos diferentes com Elizeu Matos. Lá no começo do ano, quando os menudos apresentaram crescimento (contido pela pandemia), o ex-prefeito via que Ceron se reelegeria. Não falava claramente, mas deixava entender que até torcia pelo Gringo. Nos tempos de agora, não esconde certa mágoa com os atuais ocupantes do Paço e, apesar de uma observação aqui e ali, dá a entender que gostaria de ver o MDB com Carmen Zanotto.

O FATO É QUE…

O MDB lageano segue sendo aquele MDB de militância atuante e que faz a diferença em qualquer processo eleitoral, quando todos estão juntos, rumando num mesmo projeto. Mas a sigla vive o elizeudependência. Ou seja, não se criou nomes para dar continuidade ao legado político da sigla conquistado com a ascensão ao poder em 2012.

E ASSIM…

Tirando o ex-prefeito não há um nome com fortidão para uma majoritária. No máximo como vice. Daí quando Maldaner chega dizendo que a sigla tem nome, evidencia que o presidente estadual do MDB não sabe o que diz sobre cenário eleitoral em âmbito de Lages.

E aliás, não é somente em Lages. Há municípios da Serra que, embora no poder, não se articularam muito. Bocaina, onde Maldaner aparece na foto com o prefeito Schmuller e o vereador Macarena, vai ter que se esforçar para ter candidatura que dê continuidade à presença do MDB na administração.

Compartilhe
Continue Reading