Política

Carlos Moisés bem avaliado em Lages

Os dados do Instituto Paraná Pesquisas levantou também a opinião dos lageanos sobre a administração do governador Carlos Moisés nesses primeiros 11 meses de gestão. Os índices são absolutamente positivos para o comandante catarinense.

A planilha resume os dois cenários da pesquisa realizada pelo Paraná Pesquisas. À esquerda a avaliação da administração, onde os entrevistados disseram como veem o governo. Ótima e boa chega a 43,5% e a análise conceitada como ruim e péssima tem 16,5%.

Essa outra planilha dá ideia de quem são os opinantes sobre o governo catarinense em Lages. As mulheres aprovam o governo de Carlos Moisés mais que os homens. A melhor avaliação está entre jovens com menos de 24 anos. E quem tem ensino superior aprova mais o governo estadual.

ATÉ QUEM NÃO VOTOU

EM MOISÉS O APROVA

Carlos Moisés obteve 58.411 votos em Lages que, em percentual, representaram 59,62% daqueles que compareceram às urnas. Com uma aprovação de 65,3% dos entrevistados, significa que o atual governador tem mais gente aprovando o seu governo que aquele índice de eleitores que votou nele ano passado.

Compartilhe
Continue Reading
Geral

Como os lageanos avaliam Bolsonaro?

Instituto Paraná Pesquisas vem fazendo levantamento sobre a opinião dos catarinenses em relação aos governos do Presidente Bolsonaro e também do governador Carlos Moisés. São levantamentos estimulados onde os entrevistas dão conceitos às administrações púbicas estadual e federal.

As perguntas que chegaram aos índices acima estão no rodapé, considerando que 642 pessoas foram entrevistas

COMPARATIVO COM O RESULTADO

DA ELEIÇÃO DE 2018

Bolsonaro obteve em segundo turno um percentual de 67,48% dos votos do eleitorado lageano. Com 62,3% de aprovação no governo, há uma pequena margem de redução daqueles que apostaram no candidato do PSL em relação àqueles que agora avaliam o seu governo.

APENAS PARA ATUALIZAR

Lages tinha 123.000 eleitores ano passado. Desses, um total de 98.066 foi às urnas, sendo que apenas 89.630 votaram validamente (quase 10 mil anularam ou votaram em branco). Também 25.454 eleitores se quer apareceram para votar no segundo turno ano passado.

Compartilhe
Continue Reading
Cotidiano

Eis a Catedral sem monumento na frente

Assunto que domina as redes sociais, dividindo opiniões, espalhando elogios e ofensas se refere à ‘cirurgia’ que retirou o monumento de ode à Getúlio Vargas que estava na frente da Catedral desde 1958. Eis a imagem da igreja sem a estrutura…

O local já foi limpo depois da demolição do arco e demais itens que integravam o monumento que ali estava fazia 61 anos.

E dando sequência à proposta de revitalização da referida praça, os mãos de tesoura entraram em ação na vegetação ali existente.

Compartilhe
Continue Reading
Política

Por quê Lucas decola e Jair Júnior não cola?

Naquelas conversas políticas que têm se repetido na paróquia nesse período de pré-pré-definição de nomes, cidadão lança indagação em cima de dados que compartilhamos sobre consultas ao eleitorado de nomes para o processo eleitoral de 2020. “Por quê o Lucas Neves decola e o Jair Júnior não cola? O Jair tem um estilo mais combativo, arrojado. Lembra até o Bolsonaro”.

RAZÃO ESTÁ NISSO

Há distância envolvendo os perfis de Lucas Neves e Jair Júnior. Tanto que o primeiro é tratado como potencial candidato a prefeito por partidos, eventuais adversários e até segmentos sociais. Quando se manifesta, o vereador que ainda está no PP, o faz dentro de uma postura cautelosa (e não menos crítica), transmitindo segurança nos posicionamentos e impressão de visão mais ampla de gestão.

ENQUANTO ISSO

Vereador Jair Júnior (futuramente no Podemos) lança mão de um estilo que passa a impressão (embora possa não ser isso) de ser mais inconsequente. Talvez pela idade ou a próprio irreverência (que eu até gosto) as pessoas não veem nele um líder administrando uma cidade de quase 200 mil habitantes. Embora insista que vá para a disputa ano que vem, Jair Júnior é aquela liderança que precisaria amadurecer um pouco mais para transmitir a confiança indispensável.

LOGICAMENTE QUE…

Daqui a pouco é esse estilo de Jair Júnior que o eleitor quer e vai apostar. E talvez por essa razão o vereador insista no projeto de ser candidato a prefeito. Mas que Lucas Neves trilha um caminho diferente do colega de parlamento, isso é inconteste. E mais: o eleitor não vê os dois juntos num mesmo projeto. E pelo jeito, eles também não!

Lucas Neves tem imagem associada à responsabilidade e cautela. Jair Júnior é visto como combativo, mas a palavra inconsequente é usada por alguns que buscam caracterizá-lo. Nada que os ofenda e nem os defenda. Nos levantamentos de consumo, Lucas chega fácil aos dois dígitos na preferência do eleitor. Jair, por sua vez, está longe disso!

Compartilhe
Continue Reading
Cotidiano

Repercute o fiasco no Centro Serra

Porque outras formaturas virão, outros eventos acontecerão e para que haja um repensar de quem administra o Centro de Eventos de Lages, a gente puxa os comentários a respeito da prática questionável de não deixar veículos que transportam o público adentrar até as imediações da portaria para levar as pessoas.

Quem chega de táxi ao Centro Serra ou através de outro serviço de transporte, precisa deixar passageiros no portão externo, tendo as pessoas que percorrer a pé pela calçada ou pedra brita. Falta apenas bom senso para liberar esse acesso que é absolutamente temporário.

WALDIR DO UBER – “Sou motorista de aplicativo. Levei várias pessoas à festa e concordo: foi uma falta de respeito com o público deixar la na entrada. Ficava com vergonha dizer que tinha que deixar lá na entrada. Falta de respeito com visitantes”.

ANA PAULA BUENO – “Fomos na formatura de Medicina ano passado, na mesma data. E pior é que estava muito frio e chuvoso na madrugada. Quem optou por táxi ou Uber tivemos que ir até a entrada, com salto alto, criança e chuva. Falta de respeito. O que custa deixar os carros entrar e delimitar alguns minutos a eles?”

TEEM CAMILO – “Uma palavra só: ganância! Mas ali isso é normal. Pense quando chove, estão nem aí. Feio que fica para Lages”.

CLUBE CAÇA E TIRO

TAMBÉM FAZ ISSO

Internautas comentam que no Clube Caça e Tiro a prática é a mesma. Embora no caso do referido clube o ambiente interno seja asfaltado, onde o deslocamento até o salão de baile seja mais confortável, taxistas e motoristas de aplicativo não podem adentrar à parte interna, levando passageiros. Não há lógica e nem bom senso nisso, visto que a diretoria do Clube Caça e Tiro deveria incentivar seus frequentadores e convidados a se deslocar para eventos (como bailes) de táxi ou outro serviço de transporte, já que a maioria acaba ingerindo bebida alcoólica.

Frequentadores de eventos no Caça e Tiro, que se deslocaram de táxi ou Uber, também estranham a limitação que impõe a obrigação de descer na portaria e trechar a pé até o salão lá perto do rio

 

Compartilhe
Continue Reading
Geral

Defesa tenta Habeas Corpus a Elizeu

Na segunda-feira, dia 09, advogado de defesa do ex-prefeito lageano entrou com Habeas Corpus no STF. Naquela corte do judiciário brasileiro já corre uma reclamação impetrada na semana passada que estava na pauta de julgamento no dia 10 (ontem). Como a reclamação é contra a decisão do Tribunal de Justiça, antes de analisar o feito, o Ministro Gilmar Mendes, através de sua retaguarda técnica, solicitou informações à corte catarinense.

CORRIDA CONTRA O TEMPO

Faz uma semana que a 3.ª Câmara Criminal do TJ/SC decretou a prisão preventiva de Elizeu Mattos. Inicialmente ideia era se apresentar para o cumprimento da ordem de prisão em Florianópolis. Mas nesse meio tempo, o ex-prefeito tenta, através de seus advogados, reverter a decisão pela prisão. No STJ o recurso não encontrou guarida. Agora o caminho é o STF através de dois recursos. É a análise desses que definirá se o ex-prefeito se recolhe à prisão, atendendo o despacho ou se vai livrar-se solto por conta de alguma decisão no STF.

Ordem de prisão contra o ex-prefeito partiu de pedido feito pela Procuradoria de Justiça que atuou no caso da análise dos embargos de declaração que foram apreciados na terça-feira, dia 03, na 3.ª Câmara Criminal do TJ/SC

 

PARQUE DAS ARAUCÁRIAS

ÚLTIMAS UNIDADES À VENDA

A infraestrutura está quase pronta com pavimentação asfáltica, iluminação pública e saneamento. Mais informações e opções aqui no portal da Terra Imóveis.

 Registro de Incorporação na matrícula 37597

Compartilhe
Continue Reading
Economia

Barato que fica caro no Fort Atacadista

Não existe almoço grátis. A máxima vale também para a hora da compra no varejo ou atacado. Algumas pessoas comentam que aquele alvoroço que fazíamos sobre a chegada do Fort Atacadista em Lages nem é aquilo tudo. A quase ‘venda casada’ do cartão de crédito que o Fort aceita de forma exclusiva tem sido motivo para alguns consumidores manterem certa distância da nova unidade em Lages.

TRÊS VEZES, MAS COM JUROS?

Internauta sugere que a gente dê uma olhada nas explicações contidas no portal do Fort Atacadista onde consta as informações do Cartão de Crédito Vuon. “Eles parcelam somente nesse cartão, mas nas letrinhas pequenas está entendido que para fazer em três vezes o juro é de 4,90% ao mês. Os caras estão loucos. A poupança não dá nem meio por cento ao mês”, reage um consumidor, daqueles mais detalhistas.

De fato, nas explicações daqueles dois asteriscos constantes do parcelamento em três vezes, a informação é de que o juro praticado é de 4,90% ao mês. Significa que se parcelar uma compra de R$ 3 mil reais vai pagar no final quase 10% do valor a título de juros. Embora, destaque-se, que isso se refere a alimentos. Os itens do bazar não têm juros até 10 parcelas.

DE QUALQUER FORMA

Três semanas de operação do Fort Atacadista em Lages se verifica que os outros supermercados apresentam uma relativa manutenção do movimento, inclusive por parte do consumidor receoso de se atrelar a um cartão de crédito que nunca tinha ouvido falar. Ademais, não é todo cliente que pode ter acesso ao referido cartão. É preciso atender requisitos, inclusive.

ASSIM

Na dúvida, vai no Supermercado Martendal, frequente o Supermercado Alvorada, dê uma passadinha no Myatã, no Mezzalira, no Kloppel, Angeloni, Bistek ou nos mercados do seu bairro. Esses aceitam qualquer cartão de crédito e as regras são as mesmas de qualquer compra em outros estabelecimentos. Sem letrinhas miúdas!

Compartilhe
Continue Reading
Cotidiano

Presos já trabalham nas ruas de Lages

Detentos do presídio do bairro São Cristóvão com perfil de bom comportamento iniciaram atividades laborais fora da unidade carcerária, a partir de um termo assinado entre o município de Lages e o Governo do Estado. São treze detentos (termo politicamente correto é reeducandos) estão fazendo atividades de pintura, limpeza e conservação de vias, na secretaria comandada pelo Secretário Delfes (Serviços Públicos).

TRABALHO NA GARAGEM

Além desses treze nas ruas, outros dois foram colocados à disposição da Secretaria de Administração na garagem da prefeitura. Eles têm formação e/ou experiência em mecânica e reforçam a equipe que cuida da frota do município. Para cada três dias trabalhados é reduzido um dia da pena que cumprem e ainda têm uma remuneração mensal de um salário mínimo (atualmente R$ 998,00).

O critério para que o grupo de 13 reeducandos esteja no trecho é o bom comportamento e o interesse em desenvolver essas atividades nas avenidas de Lages, como mostra o registro acima

Compartilhe
Continue Reading